NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Suderj em debate na Alerj

Thiago Ribeiro de Paula, presidente da Suderj, apresentou balanços do órgão em reunião na Alerj, nesta quinta-feira (29)

Octacílio Barbosa/Alerj

O presidente em exercício da Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (Suderj), Thiago Ribeiro de Paula, anunciou que a receita do órgão até o mês de agosto fechou em R$ 3,949 milhões e que as despesas, correspondentes ao mesmo período, giraram em torno de R$ 1,246 milhão. A declaração foi feita durante a reunião ordinária da Comissão de Esporte da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), realizada na quinta (29), no Palácio Tiradentes.

Ainda segundo o presidente, o aumento da renda deve-se à arrecadação mensal com o aluguel de equipamentos pertencentes à Suderj, como o Complexo do Maracanã, Estádio Caio Martins, Estádio de Atletismo Célio de Barros e Parque Aquático Júlio Delamare.

Apesar do aumento da receita, a Suderj enfrenta problemas administrativos desde 2014, como a redução no quadro de funcionários. O órgão não conta mais com setores de Recursos Humanos e de Licitações, ficando essas pendências a cargo da Secretaria Estadual de Esportes, o que, segundo de Paula, dificulta o andamento das atividades desenvolvidas pela instituição. Ainda de acordo com o presidente, a Suderj e a secretaria vêm trabalhando juntas para resolver estas questões.

"Temos a consciência da necessidade de solucionar esses problemas e já estamos, junto à Secretaria de Esportes, criando esses setores na Suderj", declarou de Paula.

Para o presidente da Comissão de Esportes, deputado Léo Vieira (PRTB), o orçamento estadual é o principal impedimento para a reincorporação de funcionários no quadro de integrantes da Suderj.

"A partir do momento em que ele (presidente da Suderj) conseguir orçamento suficiente para compor seu quadro de funcionários, [...] veremos recuperação na Suderj", disse.

PRA VOCÊ PENSAR

"Na maioria das vezes, a conquista do poder pelo político confirma o seu fracasso humano."

Hideraldo Montenegro

Sinepe festeja 75 anos

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Rio de Janeiro (Sinepe/RJ) comemora, neste ano, 75 anos. Com atuação voltada para a educação de qualidade no setor privado e na formação de profissionais que atuem na educação, a instituição promove, no próximo domingo (1º), no Hotel H, um evento comemorativo sobre os olhares da neurociência, psicanálise, psicologia, gestão de indicadores externos e econômicos abordando questões de políticas públicas, atrelados à formação humana.

Inscrições

Entre as atrações estão palestras, rodas de conversa, coffee break e almoço. Os interessados podem obter mais informações sobre o evento e efetuar inscrições por meio do portal eletrônico www.sineprj.org.br.

Pedetista no páreo em SG

A direção executiva do PDT de São Gonçalo emitiu nota oficial na quarta (28) confirmando a indicação do nome de Randal Farah como pré-candidato a prefeito. Na nota, assinada pelo secretário-geral do partido, Henrique Porto, o PDT/SG afirma que a decisão ocorreu após processo amplo e democrático de debate de ideias, conforme orientação do presidente nacional, Carlos Lupi.

Deputado aprova retirada de radares

O presidente da Comissão de Transportes da Alerj e autor da lei 7580/17, que determina a retirada de pardais e lombadas eletrônicas de áreas consideradas de risco, o deputado Dionísio Lins (PP), mesmo com a demora para realizar o serviço, vê com bons olhos a retirada dos equipamentos das rodovias 104 e 106.

Segurança

"Nosso objetivo é proteger os motoristas que circulam diariamente por esses locais e ficam expostos aos assaltantes que atuam em qualquer horário. Existe algum estudo para a instalação desses equipamentos?", indagou o deputado estadual.

Em defesa da Casa da Moeda

Foi lançada nesta semana, na Câmara dos Deputados, em Brasília, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Casa da Moeda do Brasil. A iniciativa é composta por mais de 200 deputados e senadores. No lançamento, estiveram presentes trabalhadores da Casa da Moeda, entre outros representantes de categorias como a Federação Única dos Petroleiros, Furnas, Sindinorte, CTB, Eletrobras, Serpro, entre outros. Na oportunidade, os deputados Jandira Feghali, Talíria Petrone, Glauber Braga, Marcelo Freixo, Benedita da Silva, entre outros, discursaram em defesa da soberania nacional e contra as privatizações.

Nova chefe na Procuradoria

A procuradora federal Simone Salvatori é a nova chefe da Procuradoria-Regional Federal da 1ª Região. A cerimônia de posse foi realizada na quinta (29), com a presença do advogado-geral da União substituto, Renato França, o procurador-geral federal, Leonardo Lima, e o antecessor da PRF1, Vitor Pinto Chaves. A nova procuradora-regional destacou o desafio de assumir a chefia de uma unidade da AGU presente em mais de 80% do território nacional e que lida com um grande volume de casos. "Considero tudo que vivenciamos, vamos atuar no fortalecimento dos métodos e aprimoramento da gestão de pessoas", avaliou.

Vereador quer conscientização

O vereador Emanuel Rocha (SDD) protocolou, nesta semana, um projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de exibição de vídeos educativos incentivando a proteção, o combate ao abandono e maus-tratos dos animais nas aberturas de shows, eventos artísticos, culturais e educacionais em Niterói. A matéria aguarda inclusão na pauta pelo presidente da Casa, Milton Cal (PP).

Crivella entrega autonomias de táxi

Crivella entrega autonomias para taxistas no Palácio da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul do Rio

Crivella entrega autonomias para taxistas no Palácio da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul do Rio

Edvaldo Reis/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, entregou, nesta quinta (29), no Palácio da Cidade, em Botafogo, 150 novas autonomias a taxistas. Com isso, segundo o Executivo carioca, 1.750 autonomias já foram distribuídas em um intervalo de dois anos e meio. "Eu aprendi muito com o táxi, e é por isso que tenho todo o respeito pela categoria de vocês. Desejo que vocês saiam daqui melhor do que entraram. Contem conosco", afirmou Crivella.

Scroll To Top