NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Crédito imobiliário anima construção civil

Bruno Serpa Pinto é o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Niterói

A Caixa Econômica Federal anunciou o lançamento de linhas de crédito imobiliário com atualização pelo IPCA - o índice oficial de inflação. Para atrair os compradores, os juros nesse tipo de financiamento habitacional serão mais baixos em relação ao modelo tradicional. A nova linha de crédito valerá para imóveis residenciais novos e usados.

As novas linhas poderão ser usadas no financiamento de imóveis por até 30 anos, com taxas de juros que variam de 2,95% a 4,95% ao ano, mais o IPCA. Nas linhas antigas, os juros variavam de 8,50% a 9,75%, mais a Taxa Referencial (TR).

A projeção é que o IPCA feche este ano a 3,76%. As taxas valem para novos contratos e estão vigentes a partir desta semana. O banco pretende atingir, inicialmente, um público de 150 mil famílias.

No mesmo dia em que a Caixa anunciou a linha de crédito imobiliário indexado pelo IPCA, o Banco do Brasil divulgou mudanças na forma de financiamento para casa própria. Por esse novo modelo, quanto menor o prazo de financiamento, menor será a taxa de juros.

Fôlego no segundo trimestre

Perspectiva de ajuste fiscal, inflação baixa, tendência de novos cortes nos juros básicos da economia até o fim do ano e a redução nos juros para operações de compra de imóveis reanimam a construção civil.

Depois de um período de queda, o setor ganhou fôlego e puxou os investimentos da economia brasileira, com alta de 1,9% em relação ao período de janeiro a março. O novo ciclo de crescimento em lançamentos e vendas de imóveis foi puxado, principalmente, pelo Sudeste e Centro-Oeste, aponta a CBIC.

O anúncio das novas linhas de crédito foi a cereja no bolo na maré de otimismo que chegou ao setor, depois que a reforma da Previdência foi aprovada na Câmara. Estamos nos despedindo de um período de retração no mercado imobiliário e começamos a vislumbrar uma retomada de mercado. E por isso é hora de investir.

Já em 2019, tivemos um considerável aumento da procura e mais investimentos ao compararmos com os dois últimos anos. Consulte as imobiliárias e construtoras associadas da ADEMI-Niterói e aproveite as oportunidades enquanto há tempo. Incorporadoras locais contam com ofertas de imóveis para morar nos principais endereços da cidade.

Scroll To Top