NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Tempo instável no Estado causa chuva em Niterói e São Gonçalo

São Gonçalo está em estado de atenção desde domingo (1°)

Em Niterói, tempo está nublado e a previsão é de chuva a qualquer momento do dia

Marcelo Feitosa

A passagem da frente fria que chegou ao estado no fim da última semana e mudou o clima do Rio deve permanecer causando áreas de instabilidade na Região Sudeste, segundo o instituto Climatempo. Em Niterói e São Gonçalo - que está em estado de alerta - a previsão é de chuva até sexta-feira.

O deslocamento da frente fria pelo oceano aumenta a umidade no Rio por conta dos ventos que sopram contra a costa sudeste. O Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil de Niterói confirmou que o lento deslocamento do sistema pelo estado está provocando as áreas de instabilidades sobre o Rio.

Nesta segunda-feira (2), a previsão é que o céu fique nublado a encoberto ao longo do dia, com chuva fraca a moderada a qualquer momento, podendo ser forte de forma rápida. Os ventos podem ficar fracos a moderados e as temperaturas permanecerão estáveis, com máxima prevista de 26°C.

Para terça-feira (3), a previsão é que o avanço desta frente fria provoque pancadas de chuva a partir da tarde, podendo ser acompanhadas de raios e rajadas de vento. As temperaturas seguem estáveis, com máxima de 28°C. Na quarta (04), segundo a Defesa Civil, o tempo deve permanecer instável devido ao transporte de umidade do mar em direção ao continente. O dia será nublado a encoberto, com previsão de chuva fraca a moderada a qualquer hora. Os ventos estarão moderados e as temperaturas seguirão estáveis.

Segundo a Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia, o município segue em estágio de vigilância. Não foram registradas ocorrências no órgão e nenhuma sirene precisou ser acionada. Nas últimas 12 horas, os maiores acumulados foram registrados no Morro do Estado, com 14,6 mm, e na Igrejinha, 9mm. O órgão conta com plantão 24h de monitoramento meteorológico, com envio detalhado de informações sobre a previsão do tempo e de avisos através do aplicativo Alerta DCNIT, SMS (40199) e grupos no WhatsApp. Em caso de emergência, a população deve ligar para o 199 ou 2620-0199.

Pelas redes sociais, moradores de Niterói informaram ter ficado sem energia elétrica durante a chuva na noite do último domingo (1°). Há relatos de transformadores danificados nos bairros de São Francisco e Santa Rosa. No Cafubá, na Região Oceânica, um veículo perdeu o controle e atingiu um poste na Estrada Francisco da Cruz Nunes, causando apagão em parte do bairro.

São Gonçalo

Segundo a Defesa Civil, o município entrou em estado de alerta na noite do último domingo (1º) e permanece nesta segunda-feira. Para este dia, o tempo ficará instável devido ao lento deslocamento da frente fria em conjunto com ventos em altitude. O céu deve ficar nublado e encoberto com previsão de chuva fraca a moderada a qualquer momento, podendo ser forte em curtos períodos de tempo. Previsão de chuvas fracas a moderadas isoladas até sexta-feira.

Por conta da chuva na noite de domingo (1º), ruas ficaram alagadas no Colubandê, em São Gonçalo, e diversos motoristas perderam placas de veículos.

Questionada sobre a falta de energia, a Enel Distribuição Rio informou que devido as chuvas e ventos que ocorreram na noite de domingo (1), houve registro de queda de árvore em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, e falta de energia em alguns pontos de Niterói e São Gonçalo, afetando o fornecimento. A companhia ressaltou que triplicou o efetivo nos dois municípios a fim de restabelecer a energia o mais rápido possível.

Alerta de Cheias

O sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (INEA) divulgou que São Gonçalo e Petrópolis estão em estado de atenção desde 8h desta segunda-feira (2) por conta de possível elevação dos rios em função da chuva prevista. Na tarde de domingo (1°), por volta de 17h, o sistema já havia alertado para possível elevação de rios em Niterói, São Gonçalo, Rio de Janeiro e São João de Meriti.

Scroll To Top