NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Niterói: criminalidade em queda

Segundo o Executivo, os roubos de rua apresentaram redução de 40,36% em agosto, em relação ao mesmo período de 2018

O reforço do efetivo nas ruas da cidade tem sido determinante para a queda dos índices

Alex Ramos

Pelo oitavo mês consecutivo, os índices de criminalidade apresentaram redução em Niterói, de acordo com levantamento do Observatório de Segurança do município. Os roubos de rua caíram 40,36% no mês de agosto em relação ao mesmo período do ano passado. Em julho, esse índice já havia apresentado queda de 34%. No mês passado, houve ainda a redução de outros índices de criminalidade em Niterói, como o de roubo de veículos, com queda de 36,31%, em comparação com o mesmo período no ano passado. Nesses dois índices, Niterói registrou as maiores quedas percentuais do ano.

O secretário Municipal do Gabinete Integrado de Gestão de Segurança, Gilson Chagas, lembra que, apesar de segurança ser um papel do estado, o município de Niterói investiu pesado nos últimos cinco anos ao disponibilizar ferramentas para ajudar as forças de Segurança no combate à criminalidade. Já foram mais de R$ 100 milhões, e os investimentos continuarão.

"Hoje temos uma cidade monitorada 24 horas por dia pelos agentes do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) que contam com mais de 500 câmeras. Através dos Portais de Segurança, que é um sistema de cercamento eletrônico, os agentes são acionados e o cerco é feito de imediato. Os resultados estão cada vez mais expressivos", ressalta Chagas.

Ele reiterou a importância da integração entre as polícias Militar e Civil na elaboração da logística para o combate à violência. Outro ponto importante, segundo o Gilson Chagas, é que a prefeitura dobrou o efetivo da Guarda Municipal em cinco anos e abriu concurso para mais 142 guardas este ano. Eles serão convocados nos próximos meses. Para o secretário, a atuação da Guarda Municipal no combate a pequenos delitos e como agente de proximidade da população também tem feito muita diferença.

"Já são oito meses com esses índices em queda por um conjunto de fatores. Um dos motivos é essa integração das forças de segurança", disse o comandante do 12º Batalhão PM, coronel Sylvio Guerra. "A Polícia Militar está agindo e montando estratégias, mas contando também com a ajuda da Polícia Civil, da Guarda Municipal e do Programa Niterói Presente. Esse é o maior motivo de termos conseguido, porque estamos trabalhando com estratégia e integração. As ferramentas disponibilizadas pela prefeitura têm promovido essa integração e ajudado nos resultados positivos".

Scroll To Top