NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Feira de franquias vai reunir empreendedores na capital

Considerada uma das maiores feiras de franquias da América Latina, a Expo Franchising ABF Rio chega à sua 13ª edição, nos dias 12, 13 e 14 de setembro, no Centro de Convenções Sulamérica, zona central do Rio de Janeiro. Focado em conteúdo e inovação, o evento traz o tradicional Fórum de Franchising e a IIha de Inovação, com uma grade de palestras bastante extensa e muito conteúdo para quem deseja inovar, empreender ou já é empreendedor e pretende ampliar sua atuação em franquia. A expectativa geral da feira é movimentar R$ 160 milhões em negócios e receber 22 mil visitantes.

Em todo o País, o mercado de franquias registrou crescimento nominal de 5,9% no 2º trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2018. O estado do Rio contribuiu com este resultado. O número de marcas no Estado cresceu 15% no 2º trimestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado, atingindo o patamar de 824 redes que operam em todo território fluminense.

O Rio é o 2º maior mercado de franquias no País em redes, atrás apenas de São Paulo. Os segmentos que concentram a maior parte das unidades franqueadas no estado do Rio são Alimentação (32,7%), Saúde, Beleza e Bem-Estar (16,6%) e Moda (13,6%). Já em relação a unidades, houve uma expansão de 10%, com 11.133 pontos de venda em operação. Com esses números, o franchising no estado do Rio faturou, no segundo trimestre de 2019, R$ 4,1 bilhões, o que representa um crescimento de 5% no faturamento em comparação com igual período de 2018.

Emprego - De acordo com a pesquisa, no segundo trimestre houve aumento de 10% no número de empregos diretos do franchising frente ao mesmo período de 2018. O total de trabalhadores registrados subiu de 1.224.987 para 1.348.235. Para o presidente da ABF, "a principal razão para a alta das contratações deriva do reaquecimento da expansão das redes de franquias pelo País no período". As novas formas de contratação da reforma trabalhista, implementada em 2017, são outro fator importante.

"Temos observado o esforço do governo e do Congresso para aprovar a reforma da Previdência. Se confirmadas essa e as demais reformas e medidas econômicas como a redução da burocracia, creio que será dado um novo impulso para a economia, o Brasil voltará a crescer a taxas mais elevadas e o franchising poderá contribuir mais, como já o fez em anos passados", completa o presidente da ABF. (Ulisses Dávila).

Scroll To Top