NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Falta de iluminação gera insegurança no Centro

Semáforos na Rio Branco também são alvos de reclamações de pedestres

Pedestres atravessam na escuridão na Avenida Visconde do Rio Branco

Douglas Macedo

Falta de iluminação na Avenida Visconde do Rio Branco em cruzamento com a Rua Aurelino Leal, no Centro de Niterói, vem prejudicando os pedestres que passam pelo local diariamente. De acordo com uma denúncia dos frequentadores, a escuridão da área traz ainda mais insegurança devido ao ponto ser pouco movimentado no período da noite. De acordo com Marney Ribeiro, de 33 anos, além de ser escuro, os sinais de trânsito ainda fazem com que os pedestres passem um longo tempo no local.

“Passo todo dia por ali e é horrível, porque além de não ter iluminação, o sinal demora muito para fechar, e quando abre, abre muito rápido e só dá tempo de atravessar uma faixa. Ou seja, a gente fica no escuro, propenso a tudo o que pode acontecer” conta. E completa, abordando o mau estado de conservação das calçadas, com elevações em algumas partes que ocasionam a queda de muitos pedestres.

“E fora que, quando atravessamos, a calçada da segunda faixa para a terceira tem uma parte com elevação, onde o chão está desigual. Todo mundo machuca o pé ali, porque pisamos achando que vai descer e tem uma lombada. Eu mesma já machuquei o tornozelo”, expõe Marney.

Procurada, a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) de Niterói informou que na noite desta terça-feira (1) será feita uma vistoria no local.

Scroll To Top