NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Cidadania sobre Rodas

Em funcionamento desde 2008, o Programa Cidadania sobre Rodas abre oportunidades gratuitas para condutores interessados em obter a primeira habilitação na categoria “B”, que são pessoas com deficiência física e precisam de carro adaptado, com aulas teóricas e práticas, na Escola Pública de Trânsito. O curso reúne aulas de funcionamento do veículo, além de esclarecimentos sobre os equipamentos obrigatórios e sistemas. O aluno ainda tem a prática de direção defensiva, com normas de circulação e conduta, parada e estacionamento, além de observância da sinalização e comunicação. O projeto já serviu de inspiração para outros estados e, geralmente, oferece 40 vagas por vez.

Além disso, pessoas surdas podem participar da edição especial do curso Oficina Sob Medida, que é ministrado em Libras, na Escola Pública de Trânsito. As aulas incluem noções de mecânica e elétrica, funcionamento do veículo e manutenção preventiva.

“É minha obrigação ouvir as reivindicações e tentar desburocratizar ao máximo o processo para a obtenção da carteira de motorista. Com o apoio de toda equipe, não mediremos esforços para melhorar o atendimento às pessoas com deficiência”, ressalta Bertolucci.

Este ano, a pessoa com deficiência também foi priorizada com a criação do Dia D, que é dedicado ao atendimento prioritário desses cidadãos. Foram realizadas duas edições, em junho e em setembro, e mais uma está prevista. Foram feitos 312 atendimentos de emissão de carteira de identidade gratuitamente, e oferecidos serviços de emissão da primeira habilitação para pessoas com deficiência, também sem custos para os usuários, além de curso de mecânica prático e teórico para pessoas surdas, com tradução em Libras.

“Estamos aqui para servir à população. É nossa obrigação oferecer um serviço de qualidade, promovendo ações que facilitem a vida dos usuários. Temos uma comissão atuante para ajudá-los no que for necessário”, enfatiza o presidente do Detran-RJ.

As pessoas com deficiência também têm direito ao agendamento prioritário nos serviços da Diretoria de Registros de Veículos. O sistema do site e do teleatendimento do Detran reconhecem usuários que tenham veículos adaptados e/ou CNH com restrição de pessoas com deficiência. Automaticamente, os funcionários das unidades de atendimento são avisados e realizam um atendimento humanizado e prioritário.

Scroll To Top