NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Aspirantes e cadetes dos Bombeiros recebem espadins

Governador Wilson Witzel, secretários e outras autoridades participaram da solenidade

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro realizou a entrega das espadas e dos espadins aos novos aspirantes e cadetes da corporação

Philippe Lima

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) realizou, na última segunda-feira (2), a entrega das espadas e dos espadins aos novos aspirantes e cadetes da corporação, respectivamente. O evento, realizado no Quartel Central, marcou também a comemoração do aniversário de Dom Pedro II, patrono do CBMERJ. O secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral, coronel Roberto Robadey Jr., recebeu o governador Wilson Witzel. Secretários e outras autoridades também participaram da solenidade.

O primeiro colocado da 60ª turma do Curso de Formação de Oficiais (CFO), nomeada de Coronel BM Carlos Alberto Caldeira, foi promovido diretamente ao posto de segundo tenente, assim como homenageado com a Medalha Comandante Moraes Antas. A condecoração premia o mérito intelectual e profissional com objetivo de incentivar os estudos e as instruções. Elias Ancores de Oliveira, 23 anos, também recebeu o Prêmio General Lírio, homenagem ao desempenho acadêmico ofertada aos cadetes com notas acima de oito (8) nas disciplinas da Academia de Bombeiro Militar Dom Pedro II (ABMDPII). O aspirante Guilherme Pereira Rodrigues da Costa, 22 anos, terceiro colocado entre os 61 alunos, também foi agraciado.

Durante a cerimônia, houve, ainda, a entrega do espadim Marechal Souza Aguiar aos 45 cadetes do primeiro ano do CFO. O primeiro colocado no concurso de admissão, Rodrigo Joseph Leite Santos, 22 anos, recebeu a honraria das mãos do governador. Esta foi a 62ª turma, nomeada de Capitão BM Nazir Luiz Dutra Júnior, da ABMDPII.

"Hoje, o Corpo de Bombeiros está formando jovens patriotas dispostos a trabalhar pelo Estado do Rio de Janeiro. A entrada dos novos cadetes e a formação dos aspirantes só foram possíveis porque estamos ajustando as finanças. Com o resgate da economia fluminense, podemos destinar cada vez mais recursos materiais para que a corporação continue a realizar o seu trabalho heróico", ressaltou o governador Wilson Witzel.

De acordo com o coronel Robadey, a partir de agora, novas responsabilidades estão a caminho das vidas dos cadetes, aspirantes e tenente. Por ser a instituição mais respeitada pela sociedade brasileira, eles terão a difícil missão de manter o padrão.

"A nossa Academia de Bombeiro Militar Dom Pedro II é a escola onde se aprende a comandar heróis. Hoje, estamos aqui, junto aos familiares, celebrando essa conquista, que é o primeiro passo na carreira destes homens e mulheres que se comprometem com o empenho diário no juramento de ‘Vida Alheia e Riquezas Salvar’", destacou o comandante-geral do CBMERJ.

Aeronave - Durante a solenidade, foi anunciada a aquisição de mais um helicóptero para a corporação e feita a entrega simbólica. Movida por turbina e capaz de desempenhar múltiplas tarefas, a viatura aérea é dotada de instrumentos digitais de voo de última geração. O motor tem potência para alcançar grandes altitudes, além de cabine ampla desobstruída para transporte de até seis tripulantes. A aeronave está sendo adquirida com recursos oriundos da taxa de incêndio e auxiliará nas atividades de busca e salvamento, resgate aeromédico, combate a incêndios e vigilância marítima e terrestre. O investimento é de aproximadamente R$ 18,5 milhões. O valor é referente ao aparelho e aos equipamentos para a atuação dos bombeiros nas ocorrências.

Scroll To Top