NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Reflexões em cena sobre a exposição da vida privada

'Era Medeia', no Gláucio Gill, mostra o interesse atual pela vida privada

Relação entre um diretor e uma atriz é exposta durante um ensaio aberto

Renato Mangolin / Divulgação

O espetáculo 'Era Medeia', depois de uma bem-sucedida temporada, está em cartaz novamente, a partir desta quinta (9), no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana, sempre às quartas e quintas, às 20h.

A peça se passa durante os ensaios de uma adaptação da tragédia "Medeia", de Eurípedes, pano de fundo para uma discussão que também passa pelo machismo, o abuso de poder, exposição da vida privada e a importância do processo na criação artística.

A partir da exposição da vida íntima de um ex-casal, "Era Medeia" também faz uma reflexão sobre por que o público de hoje parece se interessar mais pelos bastidores da criação do que pela própria criação.

O Teatro Gláucio Gill fica na Rua Barata Ribeiro, 204, em Copacabana, Rio de Janeiro. Até 24 de outubro, quartas e quintas, às 20h. R$ 30 (inteira). Telefone: 2547-7003.

Scroll To Top