NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Preta Gil em São Domingos

Cantora lança seu mais novo espetáculo, 'Mais Preta Que Nunca', na Sala Nelson Pereira dos Santos

Petra Gil vai contar histórias de sua vida e carreira com muita música e humor

Alex Santana / Divulgação

"Mais Preta Que Nunca": nome escolhido por Preta Gil para o seu mais novo espetáculo que chega a Niterói nesta quinta (10) e sexta-feira (11) na Sala Nelson Pereira dos Santos, em São Domingos, às 20h30.

A cantora - agora com 45 anos e 17 de carreira - mostra uma nova face e conta sua história de vida e trajetória artística. "Mais Preta que Nunca" não chega somente como um monólogo autobiográfico, mas vem mesclando o stand up comedy com muita música, humor e histórias que rodeiam a vida de Preta.

"Eu costumo brincar que desde que assisti, há muitos anos, a peça "Confissões de Adolescente", de alguma maneira me vi fazendo algo parecido no palco. Há uns 13 anos eu fiz uma peça em SP, "Um Homem Chamado Lee". Muita gente não viu e as pessoas me perguntavam quando me veriam no teatro outra vez, outros me diziam que eu devia contar determinadas histórias para as pessoas que não me conheciam na intimidade. O espetáculo é uma mistura de tudo isso", conta Preta.

"A maioria das canções - cantadas no espetáculo - não são músicas minhas, ao contrário, eu canto coisas que marcaram determinadas épocas como os anos 80, músicas que ilustram algumas das histórias que conto, como por exemplo Menudo e RPM. São músicas que eu nunca cantei em meus shows, mas que eu amo e trago comigo desde sempre", conta Preta Gil.

Na peça, a cantora fez questão de estar acompanhada de uma banda formada somente por mulheres, composta por Zinha Franco (baixo), Flávia Belchior ( percussão e bateria) e Taís Feijão (violão e guitarra). Para Preta, apresentar o espetáculo rodeada por mulheres vai muito além do lado político, mas da energia e sintonia que há, passando uma cumplicidade ao público e a mensagem de que as mulheres estão mais unidas nas lutas e conquistas. A cantora também enfatiza que não conseguia ver ou pensar no espetáculo sem ter muitas mulheres a sua volta, trabalhando junto dela.

Em “Mais Preta Que Nunca”, Preta se deixa estar mais próxima do seu público, com o qual interage e envolve nas cenas que conta, criando uma oportunidade para que as pessoas a conheçam de uma forma mais verdadeira e sincera.

A Sala Nelson Pereira dos Santos fica na Av. Visconde do Rio Branco, 880, em São Domingos. Nesta quinta (10) e sexta-feira (11), às 20h30. Ingressos: R$ 80 (inteira). Classificação: Livre.

Scroll To Top