NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Formas e contornos inusitados

Individual da artista Clara Infante estreia nesta terça na Sala José Cândido Carvalho, no Ingá

Mostra individual reúne cerca de 20 obras

Divulgação

A artista Clara Infante abre, nesta terça (11), às 19h, a exposição "Bem Brasil", na Sala José Cândido de Carvalho. A curadoria é assinada por Desirée Monjardim.

São cerca de 20 obras, que giram em torno da pintura e, algumas delas, quase se tornam objetos escultóricos. A artista constrói, desconstrói, ressignifica o material, deslocando-o de seu sentido utilitário. Assim, os trabalhos adquirem formas com contornos ora definidos, ora imprecisos. "Trabalho com tapetes populares, multicoloridos. As intervenções  que faço sobre eles  geram novas formas e tramas. Essas configurações podem nos remeter a desenhos inusitados", explica Clara.

A intenção que foi se configurando no percurso do trabalho, levou a artista a um Brasil múltiplo, plural, rico na sua diversidade e nas suas possibilidades reconstrutivas e transformadoras. "Apresento restos, fragmentos, que remetem a uma 'falta' que pode provocar no espectador um certo estranhamento", conclui.

Clara participou de exposições coletivas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Centro de Artes UFF, Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, entre outras. Sua primeira individual foi em 2016, no Centro de Artes UFF - Biblioteca Central do Gragoatá em Niterói. Ela também faz parte do grupo de artistas Titocar-Pedras Brancas.

A Sala José Candido de Carvalho fica na Rua Presidente Pedreira, 98, Ingá, Niterói-RJAté 6 de abril. De segunda a sexta, das 9h às 17h. Entrada franca.Telefone: (21) 2719-6939.

Scroll To Top