NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Jovens ganham chance com Barroca

Treinador do Botafogo é conhecido por dar oportunidades para a base

Treinador passou pelas categorias de base do Botafogo e do Corinthians, e sabe da importância em promover jovens atletas ao time principal

Vitor Silva/Botafogo

Técnico campeão brasileiro sub-20 com o Botafogo em 2016, Eduardo Barroca nunca escondeu que pretende dar oportunidades aos jovens revelados nas categorias de base do clube. Porém, a falta de opções ofensivas vem fazendo o comandante lançar alguns jovens que estão se destacando e pedindo passagem. O setor ofensivo é o principal drama. Erik se transferiu para o futebol asiárico, enquanto que Biro-Biro apresentou problemas clínicos e segue afastado.

Com Rodrigo Pimpão atravessando um mau momento, Lucas Campos vem entrando e mostrando personalidade. Na vitória de 2 a 1 sobre o Athletico Paranaense entrou no decorrer da partida e brilhou sofrendo o pênalti que originou o gol do triunfo.

Aos 19 anos, dois a menos que Lucas Campos, Rhuan é outro que entrou bem no time, só que na derrota de 2 a 0 para o Corinthians. Ambos tem se destacado e podem ser usados em breve como titulares desde o começo.

- São jogadores que contam com a minha confiança e que estão entrando com prudência no time no decorrer dos jogos. Tanto o Lucas quanto o Rhuan têm individualidade, velocidade, drible, improviso e conseguiram colocar isso em prática. Fica essa possibilidade para os próximos jogos - disse Barroca.

O próximo compromisso do Botafogo será na próxima segunda-feira, às 20h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este compromisso o treinador perdeu o meia Cícero, que cumpre suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Corinthians. Alex Santana, que se recupera de lesão na coxa direita, pode ser usado, porém, caso não se recupere, a tendência é que Gustavo Bochecha seja o titular. Quem retorna ao time de suspensão é o meia João Paulo, deixando Rickson como opção no banco de reservas. Ainda com desgaste muscular, o zagueiro Joel Carli pode reaparecer, compondo o setor com Gabriel. Assim, quem deixa o setor é Marcelo Benevenuto. Caso Rhuan ou Lucas Campos sejam utilizados no ataque, o mais cotado para perder a posição é Rodrigo Pimpão, muito criticado pelos torcedores. O time deverá ser definido no treino previsto para a tarde desta sexta-feira.

Scroll To Top