NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Jair Marinho emprestará o nome para CT do Cantusca

Centro de Treinamento é localizado no Clube Mauá, em São Gonçalo

Para os fãs do querido Canto do Rio Foot-Ball Club, o tradicional Cantusca, há muitos motivos para sorrir. Além de anunciar a volta ao futebol profissional em 2020, o clube — que já conquistou uma edição, em 1953, do antigo Torneio Início do Campeonato Carioca, superando o "Expresso da Vitória" vascaíno, base da seleção brasileira da Copa de 50 — decidiu homenagear o bicampeão mundial Jair Marinho, 83 anos, que emprestará o nome para o Centro de Treinamento (CT) do Cantusca, que fica no Clube Mauá.

O jogo programado entre os times da categoria sub-13 do Canto do Rio e do Madureira, no próximo sábado, dia 14, às 10h, celebrará, no intervalo da partida, o grande lateral-direito do passado com faixas, camisas e placas.

Após o jogo, uma feijoada com roda de samba reunirá amigos do ídolo e ex-jogadores que atuaram com Jair Marinho, que mora em Niterói há muitos anos e cuja história é marcada por uma única alcunha: vitória. Defendendo o Fluminense, de 1956 a 1964, Jair entrou em campo quase 300 vezes e conquistou o Campeonato Carioca de 1959 e duas vezes o Torneio Rio-São Paulo (em 1957 e 1960).

Scroll To Top