NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Usando apenas a mão, homem assalta ônibus, rouba carro e pedestres

Ao perceberem que criminoso não estava armado, populares tentaram linchá-lo. Caso aconteceu em Itaboraí

População tentou linchar suspeito após perceber que ele não estava armado

Foto enviada via Whatsapp O FLU

Um usuário de drogas, simulando que estava armado, causou terror a populares no começo da manhã desta sexta-feira (30), em Itaboraí. O suspeito abordou um ônibus, assaltou pedestres e tentou fugir em um carro roubado levando reféns.

De acordo com testemunhas, por volta de 4h40 o homem, usando a mão para simular que tinha uma arma na cintura, abordou um casal de pedestres, um carro e um ônibus da linha Manilha x Niterói, que passavam pela esquina das ruas Paraná e Piauí, no bairro Vila Brasil.

Praticamente ao mesmo tempo, o homem roubou R$ 10 do motorista do ônibus e saiu em fuga com o carro de uma das vítimas, um Ford Courier, levando o casal como refém. O dono do veículo foi obrigado a ficar dentro do ônibus.

"O ladrão era articulado. Fez três assaltos ao mesmo tempo", relatou o motorista do coletivo.

O homem, atrapalhado, acabou batendo com o carro e libertou os reféns, ficando com seus celulares. Ele tentou retornar ao local onde estava o ônibus parado, que tinha sido travado pelo sistema de alarme, para tentar roubar celulares de pedestres e passageiros.

No entanto, populares finalmente perceberam que ele não estava armado, o que criou um tumulto de pessoas tentando linchar o suspeito. Uma das vítimas, do sexo masculino, acabou sendo confundida com um possível comparsa e também foi agredida. Quando as pessoas perceberam que ele não tinha ligação com o acusado, foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manilha e passa bem.

O suspeito foi imobilizado até a chegada da Polícia Militar (PM), que foi acionada por volta de 5h30. O homem foi medicado por conta das agressões e acabou preso em flagrante.

Na delegacia, foi comprovado que ele é usuário de drogas e não tinha anotações criminais. O caso foi registrado pela 74ª DP (Alcântara).

Scroll To Top