NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Autoescola de SG é investigada por fraude em biometria

Agentes do Detran encontraram no estabelecimento moldes de silicone que serviriam para reproduzir impressões digitais

Caso a denúncia seja comprovada, a autoescola pode até ter seu registro cassado

Lucas Benevides / Arquivo

Uma autoescola localizada no bairro do Colubandê, em São Gonçalo, é investigada por suspeita de fraude na comprovação biométrica de presença em aulas. Na manhã desta quinta-feira (09), dois moldes de silicone foram apreendidos no estabelecimento, durante inspeção do Detran-RJ.

Agentes da equipe de Correição da Corregedoria do departamento foram à autoescola após receber, através da ouvidoria, denúncia sobre a prática irregular. Durante as buscas, foram encontrados os moldes, que serviriam para reproduzir impressões digitais.

Segundo o Detran, como os objetos não estavam sendo utilizados, não houve flagrante, mas há a suspeita de que haja fraude na comprovação de presença nas aulas teóricas do curso de formação de condutores, feita por biometria.

O caso foi registrado na 74ª DP (Alcântara), e um inquérito foi aberto para apurar a possível irregularidade. Paralelo à investigação policial, o departamento vai instaurar um processo administrativo interno para apurar a suspeita.

Caso a denúncia seja comprovada, a autoescola pode até ter seu registro cassado, conforme previsto no artigo 36º da Resolução 358, do Contran.

Scroll To Top