NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Caso Flordelis: interrogatório de acusado é adiado

Flávio dos Santos Rodrigues participaria de audiência nesta quinta-feira (19)

Audiência ainda não tem data para acontecer

Arquivo / Evelen Gouvêa

A audiência para interrogatório de Flávio dos Santos Rodrigues, que seria realizada nesta quinta-feira (19), foi adiada. A informação foi confirmada pelos advogados de defesa do réu, que apontaram a pandemia do coronavírus como um dos motivos pelos quais defendiam a não-realização do procedimento.

A juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, titular da 3ª Vara Criminal de Niterói e responsável pelo caso, chegou a solicitar a realização da audiência por videoconferência, sem que o réu precisasse se deslocar da unidade prisional para o Fórum de Niterói. No entanto, o pedido não foi aceito pelo Tribunal de Justiça.

Segundo o TJ, a justificativa para a recusa é o tempo curto entre a data do pedido, feito na quarta-feira (18), e o dia da audiência, o que causou a "a impossibilidade de requisição do réu". De acordo com o órgão, a solicitação deveria ter sido feita com sete dias de antecedência.

Os advogados de defesa, Maurício Mayr e Anderson Rollemberg, afirmaram que o novo interrogatório ainda não tem data para acontecer. Eles se manifestaram contra a realização da audiência, mesmo que por videoconferência, nesta quinta, sob alegação de que ambos estão no considerado grupo de risco para o coronavírus, devido a problemas de saúde.

Eles alegam que precisariam estar presentes no fórum e na unidade prisional, acompanhando o cliente, deixando o isolamento social, medida recomentada pelas autoridades de saúde para evitar o contágio.

Flávio é filho biológico da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) e acusado de homicídio qualificado contra seu padrasto, o pastor Anderson do Carmo, no dia 16 de junho de 2019. Seu irmão adotivo, Lucas Cézar dos Santos de Souza também responde pelo crime. Ambos estão presos desde então.

Scroll To Top