10
Sex, Jul

Educação e novas tecnologias: Concurso da Prefeitura de São Gonçalo é prorrogado

Foto: Pixabay

Educação
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Concurso da Prefeitura de São Gonçalo é prorrogado

A Prefeitura de São Gonçalo, realiza concurso para contratação de 379 profissionais de níveis fundamental, médio ou superior, a fim de atuarem na Secretaria Municipal de Educação (Semed) e ainda na formação de um cadastro reserva. Todo o cronograma foi alterado em função da pandemia, ou seja, ainda há tempo de participar.

As inscrições iniciaram em 16 de março e foram prorrogadas até 9 de agosto de 2020, exclusivamente, no site da empresa organizadora, a Selecon . As taxas variam de R$ 35,00 a R$80,00 de acordo com o cargo pretendido, paga por meio de boleto bancário emitido no momento da inscrição. A carga horária de trabalho varia de 16 a 40 horas semanais e a remuneração é a partir de R$ 1.033,82 chegando a R$ 1.672,10. Etapas:

A avaliação consiste em prova objetiva, prova discursiva e de títulos, com conteúdo voltado para conhecimentos básicos, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, prevista para o dia 30 de agosto de 2020 com duração de três horas e meia. A validade deste certame é de dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final e pode ser prorrogado por igual período, a critério do município. Os cargos oferecidos são: professor docente II; apoio especializado; cuidador de alunos; auxiliar de creche e inspetor de disciplina.

 

Mais oportunidades em SG

A Prefeitura de São Gonçalo, prorrogou concurso público destinado ao preenchimento de 40 vagas ao cargo de Guarda Municipal. Para participar, é necessário somente ensino médio completo. O salário base é de apenas R$ 974,00, mas a vantagem está nas gratificações que podem totalizar R$ 3.506,47, em jornada de 40 horas semanais. Fora as vagas para início imediato, a prefeitura oferece 120 vagas para cadastro reserva.

As inscrições iniciaram em 22 de maio e se estendem até o dia 2 de agosto de 2020. Para se inscrever, basta acessar o site da empresa organizadora, a Selecon. O valor da taxa de inscrição é de R$ 80,00. Na seleção, os candidatos terão a aplicação de prova objetiva, na provável data do dia 16 de agosto de 2020, composta por questões de múltipla escolha de língua portuguesa, noções de direito, informática e conhecimentos específicos.

Haverá ainda exame de aptidão física, avaliação psicológica, médica e investigação social.

 

Dicas para passar em concurso

Quero falar para as pessoas que buscam a carreira pública. Não desanimem! Existe uma fila e você está nela, quando mais estuda, mais avança! Se o candidato não estuda, se deixa de fazer algum concurso, automaticamente vai para o fim da fila e nunca evolui. Como funciona? Em concurso a gente estuda, não passa, em seguida passa mas não é classificado, depois fica na beirinha e não entra, até que mais a frente é aprovado.

Daí, estudar para concurso é exercício de dedicação, resiliência e fé. O candidato focado aproveita todos os momentos e locais para estudar. Está sempre com uma apostila na mão, assistindo uma aula em vídeo, fazendo anotações, enfim, é este o perfil dos aprovados. Concurso é um fazer e refazer contínuo. Nunca vi ninguém passar sem estudar em 13 anos trabalhando na área. Neste momento de confinamento, aproveitem para colocar os estudos em ordem.

Estabeleçam uma grade dos assuntos a serem estudados por matéria durante a semana e, em regra geral, não descuidem da língua portuguesa que cai em todos os concursos. Uma boa notícia é que sempre teremos concursos para a área do magistério, porque professores mobilizam-se entre as redes municipais, estaduais e federal, fora os casos de aposentadoria. Para quem tem uma escolarização maior, os salários aumentam em função dos títulos acadêmicos, especialização, mestrado e doutorado, então, mais do que nunca, deve-se utilizar este tempo para estudar, se aperfeiçoar e alcançar uma posição superior na fila.

Orientação de estudos: 1. Revise os assuntos (teoria), faça resumos; 2. Estude pelas provas anteriores, há sites especializados nisso com conteúdo gratuito; 3. Refaça as questões que errar; 4. Busque provas que sejam feitas pela mesma banca para entender o comportamento da mesma.

 

* Suzana Fernandes é mestranda em educação e novas tecnologias, especialista em EAD, pedagoga, professora e coordenadora de cursos para concursos. Foi aprovada sempre nos primeiros lugares nos concursos aos quais se candidatou. É funcionária pública da Prefeitura do Município do Rio de Janeiro em cargo de gestão.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.