22
Ter, Set

Novidades na programação virtual do Museu Janete Costa

Peça do mês, São João Cultural, conversa com o curador e Arte Popular na rede para crianças marcam a programação da primeira quinzena de junho - Foto: Divulgação

Entretenimento
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Em tempos de coronavírus e da necessidade de se fazer o isolamento social, os equipamentos culturais da Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria das Culturas e da Fundação de Arte, apresentam um projeto de programações online, sempre com conteúdos diversificados para entreter o público neste momento de quarentena.

As programações podem ser acompanhadas pelas redes sociais, por meio do facebook e do instagram do Museu.

 

Programação:

 

  • Entrevista com Jorge Mendes

ONDE: Instagram e facebook

DATA: todos os domingos | 18h

Jorge Mendes, que é curador do Museu, vai falar, entre outras coisas, sobre os processos criativos das exposições que já tiveram em cartaz no local, como ‘Na companhia de Jorge’, ‘Mambembe’, ‘Caminhando com Janete Costa: 25 anos de viva o povo brasileiro!’, ‘Sim, aceito’, ‘Valei-me!’, ‘Entre anjos e palmeiras’ e ‘Ceará, Terra que Ilumina’. Uma grande oportunidade de o público poder revisitar sua mostra favorita, com riqueza de detalhes

 

  • Peça do Mês

ONDE: Facebook

DATA: 17 de Junho | 15h 

A cada mês, uma peça do acervo será selecionada a fim de que se torne a Peça do Mês, onde o público vai poder saber mais sobre ela: ano que a obra foi feita, a quem ela pertencia, a serventia, além do material executado, dimensões, lugar em que a obra foi feita, título, entre outros dados. 

 

  • Arte Popular na Rede 

ONDE: Transmissão ao vivo no Facebook com repostagem da live no IGTV, postagem no Instagram.

DATA: 20 de junho | 11h às 15h

 

Sempre aos terceiros sábados de cada mês, o Museu Janete Costa de Arte Popular apresenta o "Arte Popular Para Crianças", um programa que promove um encontro mensal entre as crianças e a arte, por meio de oficinas, atividades lúdicas e brincadeiras. Em Junho, os pequenos vão curtir música, arte e histórias para a sua casa. Confira as apresentações:

 

  • Oficina de Kit Junino:montagem de cenário em papelão de festa junina

ONDE: Postagem no Facebook e Instagram.

HORÁRIO: 11h

 

  • Cacá Lima:Músico autodidata, iniciou a sua carreira em 1983 tocando violão e cantando em apresentações de festivais de música na capital de São Paulo e interior. Após alguns anos, começou também a tocar contrabaixo elétrico. Em 1990, foi convidado a integrar a banda Língua de Trapo. Ícone do humor musical e um dos grupos que fundou nos anos 80 a chamada Vanguarda Paulista, movimento musical que revelou nomes como: Arrigo Barnabé, Premeditado o breque, Grupo Rumo, Itamar Assunpção, Ná Ozetti, entre outros. 

Atualmente, se divide entre trabalhos como baixista, violonista e backing vocal no Língua de Trapo, e, paralelamente a isso, desenvolve um trabalho como intérprete da boa MPB em shows, feiras, convenções, festas particulares e eventos corporativos, e também gravando ou excursionando com outros artistas.

ONDE: Transmissão ao vivo no Facebook e repostagem da live no IGTV.

HORÁRIO: 14h

 

  • Tia Zuzu e Seu Manteiga: atriz e contadora de histórias Zuzu e seu parceiro, o violonista Seu Manteiga, apresentarão ao vivo, uma contação de história musicalizada.

ONDE: Transmissão ao vivo no Facebook e repostagem da live no IGTV.

HORÁRIO: 15h

      

  • Terceiro São João Cultural 

ONDE: Transmissão ao vivo no Facebook com repostagem da live no IGTV

DATA: 23 de junho | 11h às 16h 

O Museu Janete Costa de Arte Popular, sempre em Junho, apresenta a terceira edição anual do São João Cultural com atrações especiais dedicadas a essa importante manifestação cultural brasileira. E neste ano, adaptando as condições atuais devido ao isolamento social, haverá, em ambiente virtual, música, arte, oficinas de criação e muita cultura em nossas redes sociais.

 

  • Oxente: Gostosuras Juninas:Joselma e Janio, naturais de Massaranduba (Paraíba), vão apresentar algumas receitas tradicionais das festas juninas paraibanas para que o público possa reproduzi-las em sua casa e trazer um gostinho das festas juninas pra sua quarentena ser mais leve e saborosa.

ONDE: Transmissão ao vivo no Facebook com repostagem da live no IGTV.

HORÁRIO: 11h

 

  • Desire Brito:Musicistas, constroem sua trajetória essencialmente inspiradas na música brasileira, e apresentam nesse projeto um repertório de forró pé de serra e samba de coco, ritmos consagrados da cultura nordestina, resgatando clássicos e compartilhando trabalhos autorais. A dupla já compôs o grupo Forró das Águas que tinha sua pesquisa voltada para o protagonismo feminino, vertente que segue tendo importância neste espaço de construção musical.

ONDE: Transmissão ao vivo no Facebook com repostagem da live no IGTV.

HORÁRIO: 15h

 

  • Caio Vargas:Cantor e compositor, 26 anos, natural de Niterói, Rio de Janeiro, Caio Vargas teve iniciação musical e artística com sua família, aprendendo violão e instrumentos de percussão com seus primos, e posteriormente cavaquinho de forma autodidata. Com 12 anos com influência de seu irmão, passa a escrever os primeiros poemas.

Em 2013, começa a se apresentar em eventos e bares tocando voz e violão, cantar em sambas e com grupos de forró, aonde ganha grande destaque com sua voz e timbre marcantes casando com o gênero brasileiro. Em 2015, começa a se apresentar com trabalho de arte de rua em praças, feiras e transportes públicos passando chapéu para colaborações voluntárias.

Em 2017, inicia o projeto "Forrozin da Cantareira" junto com William Gomes e DJ Samuray, na Praça Leoni Ramos, em Niterói. O Forrozin é hoje um dos eventos marcantes da semana na região, agitando a cena do gênero.

Atualmente, Caio começa a pré-produção do seu primeiro disco de canções autorais, compostas nesses 7 anos de experiência nos palcos.

ONDE: Transmissão ao vivo no Facebook com repostagem da live no IGTV.

HORÁRIO: 16h 

 

  • Seu Val

ONDE: Transmissão ao vivo no Facebook com repostagem da live no IGTV..

DATA: 26 de junho | 15h 

Valber Dan, ou “Seu Val”, é uma figura popular entre aqueles que frequentam a praça da Cantareira, em Niterói, local onde trabalha como vendedor ambulante há mais de quinze anos, ao lado de sua esposa Eunice. Na mesma praça, tocando suas composições com os amigos e clientes, Valber Dan ficou conhecido como grande artista local e patrimônio da música niteroiense.

Com mais de 46 anos de trajetória artística e centenas de composições autorais, Valber Dan iniciou sua carreira nos anos 70, quando tocava em casas de show, festas, bailes, festivais e rádios. Foi integrante da ala dos compositores da Unidos da Viradouro entre 1979 e 1982, e da Unidos de Vila Isabel entre 2003 e 2008. Suas composições passeiam por ritmos como o samba, bossa nova, samba rock, soul e funk.

Desde 2017, Valber Dan têm voltado aos palcos, lançado músicas inéditas e conquistado o novamente reconhecimento do público. Seu primeiro single, produzido por William Moreira no estúdio do Macquinho, foi lançado em 2019.

Nesse mesmo ano, por meio de um financiamento coletivo bem sucedido, iniciou a gravação de mais 3 singles, gravados e produzidos pelo Estúdio Tomba Records, em Niterói, que serão lançados de forma independente nas plataformas de difusão musical.

Hoje, aos 68 anos de idade, Valber Dan grava seu primeiro disco de músicas autorais, que conta com patrocínio da Prefeitura de Niterói, Fundação de Arte de Niterói e Secretaria Municipal das Culturas através da Chamada Pública de Fomento às Artes.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.