26
Seg, Out

Uruguaio Michel Araújo abriu o placar o Fluminense na noite desta segunda-feira no Nilton Santos - Foto: Lucas Merçon / Fluminense

Em noite de estreia de terceiro uniforme, o Fluminense espantou a má fase, goleou o Coritiba por 4 a 0, nesta segunda-feira, no Estádio Nilton Santos, encostando no G-4 do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o Tricolor está agora na 7ª posição, com 17 pontos. Já o Coxa permanece com 11 pontos, na 16ª colocação.

O Fluminense começou a todo vapor e abriu o placar logo aos 7 minutos. Wellington Silva tocou para Michel Araújo. O camisa 15 acertou um foguete de perna esquerda, no ângulo do goleiro Wilson e fez um golaço. Foi o primeiro gol do uruguaio em partidas oficiais pelo clube, justamente no dia de seu aniversário de 24 anos.

Aos 13 minutos, o Tricolor quase ampliou. Escanteio cobrado pela esquerda e Nino cabeceou, livre, à direita do gol do Coritiba. Quatro minutos depois, Wellington Silva arriscou de fora da área e obrigou Wilson a fazer boa defesa em dois tempos.

Depois da blitz tricolor, o Coritiba começou a assustar. Aos 29 minutos, Matheus Bueno chutou de perna esquerda no cantinho de Muriel, que espalmou para escanteio. A chance do empate veio aos 41 minutos. Robson recebeu cruzamento da esquerda e, na cara do gol, chutou para fora.

Os paranaenses voltaram melhor no segundo tempo e quase empatou aos 9 minutos, novamente com Robson. O camisa 30 arriscou de fora da área e a bola explodiu na trave esquerda de Muriel. Mas vivendo seu pior momento na partida, o Flu conseguiu ampliar.

Igor Julião lançou Felippe Cardoso, que havia acabado de entrar no lugar de Fred. O atacante dominou, driblou Wilson e rolou para marcar o segundo. O Coritiba sentiu e o Fluminense aproveitou.

Já o terceiro gol saiu de bola parada, aos 26 minutos. Nenê cobrou falta da intermediária pela direita, Matheus Ferraz escorou para trás e Nino, sozinho na pequena área, completou para o gol.

Em um contra-ataque puxado por Dodi, Natanael derrubou o volante do Flu dentro da área, cometeu pênalti e recebendo o cartão vermelho. Ganso foi para cobrança e fez o quarto, aos 41 minutos, para fechar a goleada.

Na próxima rodada, o Fluminense enfrenta o Botafogo, domingo, também no Nilton Santos. Já o Coritiba, no mesmo dia, recebe o São Paulo.

Entidade informou retomará o debate sobre o assunto a cada 15 dias para reavaliação do cenário em âmbito nacional - Foto: Divulgação

Os torcedores de futebol deverão permanecer fora dos estádios durante os próximos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro. Em decisão anunciada na tarde deste sábado (26), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) manteve o veto à presença de público nos estádios, conforme previsto nos protocolos de prevenção à pandemia do novo coronavirus (covid-19). A decisão foi tomada por unanimidade, após reunião por videoconferência entre a entidade, e representantes dos 19 clubes da Série A e presidentes das federações estaduais.

De acordo com nota oficial, o presidente da CBF, Rogério Caboclo, e os presidentes do clubes “declararam-se favoráveis ao retorno gradual do público aos estádios, desde que com aval das autoridades de saúde locais, de forma isonômica e guiado por todas as medidas previstas no estudo encaminhado pela CBF ao Ministério da Saúde”.

A entidade admite em nota que isso ainda não é possível, e adiantou que “retomará o debate sobre o assunto a cada 15 dias para reavaliação do cenário em âmbito nacional”.

A CBF afirmou ainda que, de acordo com a decisão de hoje (26), também não haverá presença de torcedores na partida da seleção brasileira contra a Bolívia, no próximo dia 9 de outubro, em São Paulo (SP), pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar 2022.

 

 

 

 

 

 

Tricolor carioca enfrenta na próxima segunda o Coritiba, pelo Brasileirão - Foto: Lucas Merçon/Fluminense

O Fluminense confirmou na tarde deste sábado (26) que cinco jogadores do time principal testaram positivo para o novo coronavírus (covid-19), após testes realizados na sexta (25): Calegari, Luccas Claro, Miguel, Luiz Henrique e Marcos Paulo. Além deles, outros quatro atletas da equipe sub-23 também estão contaminados: André, Luan, Martinelli e Nascimento. Todos os jogadores já entram em quarentena e cumprem isolamento social.

De acordo com o clube, antes do jogo contra o Atlético Goianiense pela Copa do Brasil, na última quinta (24), os resultados dos testes de covid-19 e o inquérito epidemiológico atestavam que os cinco atletas não estavam infectados. Mesmo assim, Marcos Paulo sentiu-se mal no hotel e nem chegou a seguir com o elenco do Tricolor para o estádio Olímpico, em Goiânia (GO). De acordo o clube, ainda durante o confronto com o Atletico-GO, Luís Henrique também não se sentiu bem, e precisou ser substituído.

Desde o retorno do Campeonato Brasileiro, outros três jogadores já testaram positivo para a covid-19 e foram afastados: Nenê, Fred e Wellington Silva. O próximo compromisso do clube carioca será na próxima segunda (28): O Flu recebe o Coritiba, às 20h, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), em partida que encerra a 12 rodada da Série A do Brasileirão.

Relação entre time e torcida do Flu entra em ebulição após eliminação - Foto: Lucas Merçon / FFC

O Fluminense foi eliminado pelo Atlético-GO na Copa do Brasil, na quinta, em Goiânia. Os tricolores sofreram gol decisivo já nos acréscimos.

Com o resultado, a equipe carioca acumulou a segunda eliminação precoce em uma competição de mata mata na temporada. Antes da pandemia, o Fluminense foi eliminado da Sul-Americana.

Na ocasião, os tricolores acabaram sendo eliminados pelo Union La Calera-CHI. Desta vez, na Copa do Brasil, o Fluminense venceu o confronto de ida no Rio, mas perdeu por 3 a 1 na volta.

Além da perda na parte esportiva, o Fluminense vai sofrer com a perda econômica pela eliminação. O avanço na competição nacional renderia R$ 2,6 milhões ao clube, que acabou de pagar parte dos salários de julho. E a derrota fez o clima ficar tenso nos bastidores. A torcida já faz protestos pedindo a saída de Odair Hellmann, que vive sob pressão.

Agora, o Fluminense vai focar na única competição que lhe resta na temporada. Os tricolores voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro, na segunda, quando recebem o Coritiba, no Nilton Santos.

 

TRT-RJ estabeleceu multa de R$ 2 milhões para eventual descumprimento - Foto: Divulgação

O jogo entre Palmeiras e Flamengo, válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, está adiado. Acionado pelo Sindeclubes, o Tribunal Regional do Trabalho-RJ decidiu na tarde deste sábado adiar a partida e estabeleceu multa de R$ 2 milhões para eventual descumprimento.

A Ação Civil Pública foi ajuizada pelo Sindicato dos Empregados em clubes, estabelecimentos de cultura física, desportos e similares do Estado do Rio de Janeiro. O Sindeclubes cita “elevado risco de contágio generalizado” em função do surto de covid-19 no Flamengo e entende que não existem condições mínimas de segurança para o jogo.

Para fundamentar seu pedido de adiamento da partida, a entidade citou algumas matérias publicadas pela imprensa sobre o surto de covid-19 vivido pelo Flamengo desde recente viagem ao Equador e também transcreveu a opinião de especialistas em saúde.

Diante dos argumentos apresentados pelo Sindeclubes, o juiz do trabalho Filipe Olmo concedeu a tutela de urgência, em caráter liminar, e determinou a suspensão da partida. Em caso de descumprimento da decisão, a multa é de R$ 2 milhões, a serem revertidos para instituições de saúde no combate à covid-19.

“Manter a partida implicaria risco demasiado para a saúde de jogadores das duas equipes, comissão técnica e demais empregados. Além disso, há risco de contaminação dos familiares, quando do retorno para casa”, escreveu o juiz do trabalho responsável pela decisão.

Durante a semana, o Palmeiras deixou claro o desejo de disputar a partida contra o Flamengo, posição defendida pelo presidente Maurício Galiotte e pelo elenco de jogadores. Na manhã deste sábado, o time realizou seu último treino para o jogo, inicialmente marcado para as 16 horas (de Brasília) de domingo, no Allianz Parque.

 

Comandante vascaíno ficou fora de jogos importantes e busca recuperação - Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

O Vasco vai ter um importante reforço neste domingo, quando recebe o Bragantino, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Ramon Menezes, recuperado da covid-19, vai voltar a comandar os cruz-maltinos no campo.

Ramon Menezes foi afastado das atividades após testar positivo para o novo coronavírus antes do confronto contra o Coritiba, pela Série A. O treinador também não comandou o Vasco contra o Botafogo, na quarta-feira, pela Copa do Brasil.

O período que Ramon Menezes deve ficar afastado acaba neste sábado, mas o Vasco já realizou dois testes no técnico que deram negativo.

Sem Ramon no banco, o Vasco perdeu para o Coritiba e empatou com o Botafogo. Nos dois jogos, os cruz-maltinos sofreram na parte ofensiva e não marcaram nenhum gol.

O Vasco vai em busca da recuperação contra o Bragantino para seguir entre os líderes do Campeonato Brasileiro.

 

A maratona de jogos vem sendo muito criticada pelo técnico Paulo Autuori - Foto: Vitor Silva / Botafogo

O Botafogo conseguiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. Só que os alvinegros não vão ter muito tempo para comemorar, pois voltam a campo neste domingo, contra o Atlético-GO, em Goiânia, pelo Campeonato Brasileiro.

A maratona de jogos vem sendo muito criticada pelo técnico Paulo Autuori, que mencionou o caso do Flamengo, que sofreu com um surto de coronavírus.

"Alguns clubes têm problemas em cima da hora por causa da covid-19 e a quantidade de jogadores e membros de comissão técnica e funcionários que contraem covid-19 e não podem desenvolver seu trabalho. Então, que justiça vai ser essa no fim das contas? É tão difícil ter essa lógica de pensamento? Mas os responsáveis têm um descaso total com os profissionais. É botar ali na arena, deixar se digladiar e ficar comentando de fora no bem bom de suas casas com a televisão e os profissionais que se virem. Aí eles são criticados por isso e aquilo. A gente não trabalha, a gente só tem véspera de jogo, recuperação e jogo. Essa é a rotina de todos os clubes neste momento.

 

Mais Artigos...

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.