13
Qui, Ago

Advogado prega diálogo para mitigar prejuízos de consumidor esportivo - Foto: Divulgação / CBF

Foram três meses (quatro, em alguns estados) sem futebol no Brasil, mas a bola tem voltado a rolar mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Com a propagação da doença ainda fora de controle, esse retorno tem sido com portões fechados aos torcedores, sem perspectiva de que isso mudará tão cedo. Em São Paulo, por exemplo, o governo do estado já disse que a liberação de público nos estádios está condicionada a um tratamento “cientificamente comprovado” e à produção de uma vacina contra o vírus.

O cenário afeta diretamente, por exemplo, àqueles que possuem títulos de sócio-torcedor e, por consequência, aos clubes. Segundo o estudo mais recente da Feng Brasil, especializada no segmento, os times da Série A do Campeonato Brasileiro, em 2018, arrecadaram cerca de R$ 390 milhões com os programas. Com a pandemia, dirigentes de várias equipes já admitiram perda significativa de associados.

Apesar de planos dessa natureza não contemplarem somente a ida aos jogos, a possibilidade de adquirir entradas com antecedência e a preços menores que o público comum é um atrativo à parte (o que não tem sido possível no momento). Paralelo a isso, especialistas ouvidos pela Agência Brasil em junho recomendaram austeridade às famílias em meio à crise econômica causada pela pandemia no país.

“O programa de sócio-torcedor é, antes de tudo, de fidelização entre clube e torcedor, que é um consumidor e o Código de Defesa do Consumidor [CDC] está ao lado do torcedor. Em troca dos benefícios, é cobrado [pelo clube] um valor por mês. Lógico, essa pandemia, que ninguém esperava, afetou as relações jurídicas. Os sócios-torcedores podem conversar com os clubes e negociar, pedindo descontos, sempre através de uma livre negociação. Nada imposto”, analisa o advogado Sérgio Tannuri, especialista em direito do consumidor à Agência Brasil.

Outro segmento atingido pela suspensão de conteúdos esportivos foi o pay-per-view, modelo de TV paga que consiste no consumidor assinar pacotes para assistir às partidas do time do coração. Jogos referentes aos campeonatos estaduais, incluídos nesses pacotes, foram adiados por mais de 100 dias, sendo remarcados à medida que as federações foram liberadas, pelas autoridades sanitárias, a retomar o futebol.

No CDC, o artigo 20 aborda a responsabilidade do fornecedor em casos de “vícios de qualidade”, que tornem os serviços oferecidos “impróprios ao consumo ou lhes diminuam o valor”, e em cenários “decorrentes da disparidade com as indicações constantes da oferta ou mensagem publicitária”.

“Caso o consumidor não queira aguardar pela retomada dos eventos, é direito dele pedir o cancelamento do serviço e a devolução dos valores pagos”, descreveu o site da Fundação Procon, de São Paulo, em nota veiculada em março, no início da pandemia. Tannuri vai na mesma linha. “As fornecedoras de serviço de TV por assinatura deveriam automaticamente ter suspendido a cobrança do pacote. Como não fizeram isso, em hipótese nenhuma o consumidor pode ser prejudicado”, afirma.

“A saída é uma só: entrar em contato com a empresa e solicitar um desconto nas futuras mensalidades, caso a pessoa tenha sido cobrada pelo pay-per-view. O consumidor também pode querer a devolução da quantia paga a mais, relativa aos jogos não exibidos, ou negociar livremente com a empresa um acordo no qual, por exemplo, tenha-se acesso a novos canais de filme ou jornalismo como bônus”, completa o advogado, destacando a importância de se distinguir o preço do pacote esportivo daquele que o consumidor paga à fornecedora de TV à cabo normalmente. No caso do Premiere, serviço oferecido pelo Grupo Globo, o valor dos planos varia de R$ 80,00 a R$ 115,00 mensais.

Um detalhe é que, assim como o sócio-torcedor, o pay-per-view também mexe com o orçamento dos clubes, já que a maioria dos clubes da Série A tem contrato com a emissora e recebem parte do que a Globo arrecada com o modelo. As exceções, até o momento, são Coritiba, Athetico Paranaense e Red Bull Bragantino.

Por meio de sua conta oficial no Twitter, o clube agradeceu ao fundador Oscar Cox por ter sido o criador da 'melhor ideia de todos os tempos' - Foto: Bruno Haddad/Fluminense

O Fluminense Football Club completa 118 anos de existência nesta terça-feira (21). Por meio de sua conta oficial no Twitter, o clube agradeceu ao fundador Oscar Cox por ter sido o criador da “melhor ideia de todos os tempos”, no dia 21 de julho de 1902.

O Fluminense conquistou a edição de 2007 da Copa do Brasil, a Copa da Primeira Liga (2016) e faturou o Campeonato Estadual em 31 oportunidades. Além disso, bateu na trave nas Copas Libertadores da América e Sul-Americana, com os vice-campeonatos em 2008 e 2009, respectivamente.

Foi dos pés de um atleta do clube das Laranjeiras que saiu o primeiro gol da Seleção Brasileira em Copas do Mundo. Na edição de 1930, no Uruguai, o ponta esquerda Preguinho marcou o primeiro contra a Iugoslávia, embora não tenha evitado a derrota neste confronto. A partida terminou 2 a 1 para os europeus.

Além do atacante Preguinho, muitos outros talentos do Tricolor Carioca marcaram história no futebol brasileiro. A lista é longa: Pinheiro, Hércules, Escurinho, Waldo, Orlando Pingo de Ouro, Welfare, Ademir de Menezes, Rivellino, Altair, Jair Marinho, Gerson, Marcos Carneiro de Mendonça, Félix, Castilho, Carlos Alberto Torres, Paulo Cezar Caju, Pintinho, Branco, Didi, Ézio, Romerito, Assis, Washington, Renato Gaúcho, Telê Santana, Romário, Deco e Conca, entre outros.

Torneio recomeça na terceira rodada da fase de grupos - Foto: Divulgação

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) anunciou nesta segunda (20) a tabela atualizada de jogos da Copa Libertadores da América, que foi interrompida em março em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A competição volta a acontecer no dia 15 de setembro, com partidas pela terceira rodada da fase de grupos. E o primeiro time do Brasil a voltar a disputar a competição é o Athletico, que no próprio dia 15 pega o Jorge Wilstermann (Bolívia) a partir das 19h15 (horário de Brasília). Na mesma data o Santos mede forças com o Olimpia (Paraguai), a partir das 21h30 na Vila Belmiro.

O Internacional volta a campo no dia 16, quando recebe o America de Cali (Colômbia), no Beira Rio a partir das 19h15. Neste mesmo dia dois brasileiros jogam fora de casa a partir das 21h30: o Grêmio enfrenta a Universidad Católica (Chile) e o Palmeiras pega o Bolívar (Bolívia).

Já no dia 17, o São Paulo tem um enorme desafio, pois, a partir das 19h, recebe o River Plate (Argentina) no estádio do Morumbi. Por fim, o atual campeão Flamengo vai até o Equador medir forças com o Independiente del Valle a partir das 21h.

Atleta é especulado no futebol europeu - Foto: Lucas Merçon / FFC

O Fluminense terminou o Carioca em alta. Com isso, alguns dos destaques da equipe passaram a ser especulados em outros clubes.

Um dos jogadores mais cobiçados, principalmente pelos grandes clubes europeus, é o atacante Marcos Paulo. No entanto, o diretor-executivo Paulo Angioni afirmou que não existe qualquer proposta pelo atleta.

"Marcos Paulo é um jogador muito desejado pelo mercado europeu, mas por enquanto fica. Não tem nada de concreto para a saída dele. A gente não tem nada conclusivo que possa garantir que ele vai sair agora. Ele é um atleta valioso para nós, por isso é difícil precisar um valor.", disse

Angioni também falou sobre a sequência da temporada. O dirigente negou que o Fluminense está mirando reforços para o Brasileiro.

"Não, por enquanto não. Mas nós vamos ter necessidade de conversar um pouco e olhar para trás. Estamos sempre discutindo, o presidente, neste caso, é extremamente ativo nessas ações. Tudo o que for necessário para melhorar essa possibilidade que é muito grande de brigar na tabela da parte de cima", declarou.

O elenco do Flu voltou aos treinos nesta segunda, visando ao início do Brasileirão.

 

Encontro desta segunda reuniu atletas, dirigentes e funcionários do Flamengo - Foto: Reprodução Twitter

Com a confirmação da saída, Jorge Jesus teve um último encontro com jogadores e funcionários do Flamengo no Ninho do Urubu, nesta segunda-feira (20).

Em um clima festivo e de descontração, o treinador Jorge Jesus aproveitou para passar um momento de alegria com o grupo do qual ele tanto se identificou e conquistou importantes títulos.

Puxado por Rafinha, o almoço de despedida teve muito pagode, churrasco e clima de muita amizade no Ninho do Urubu. A maioria dos jogadores do elenco estavam presentes no encontro.

O português aceitou a proposta para voltar ao Benfica, de Portugal. O presidente do clube português, Luís Filipe Vieira, é esperado no Rio de Janeiro para concretizar a negociação. O Benfica precisa depositar um milhão de euros, que é a multa rescisória de Jesus, para finalizar o negócio. O clube europeu busca ainda alguns jogadores indicados pelo treinador.

Agora, a diretoria rubro-negra passa a focar na escolha de seu substituto. O clube anunciou no último domingo que o técnico Maurício Souza comandará as atividades do elenco profissional durante esse período.

Maurício é treinador do elenco sub-20 do Rubro-Negro, mas já tem experiencia em competições profissionais. Em 2018, ele foi auxiliar de Mauricio Barbieri e neste ano comandou o elenco sub-23 no início da Taça Guanabara. Em quatro jogos, ganhou dois, perdeu um e empatou outro.

Após ser campeão carioca, o Rubro-Negro se prepara para o Campeonato Brasileiro previsto para começar no final de semana dos dias 8 e 9 de agosto.

 

O paraguaio se mostrou esperançoso quanto ao Botafogo no futuro - Foto: Vitor Silva / BFR

O Botafogo vem se reforçando para a sequência da temporada. Os alvinegros já contrataram o marfinense Kalou e estão próximos de mais reforços.

O goleiro Gatito Fernández se mostrou otimista e pregou foco na conquista da Copa do Brasil.

"Acredito que, por ser jogo mata-mata, as chances estão presentes. Temos elenco para poder brigar na Copa do Brasil. Temos um jogo difícil com o Paraná, mas temos chances reais de chegar longe na competição. O Botafogo vai contratar mais jogadores, encorpar o grupo, fortalecer para chegar o mais longe possível nessa Copa do Brasil." comentou.

O paraguaio se mostrou esperançoso quanto ao Botafogo no futuro. O goleiro revelou que a diretoria vem passando informações sobre a chegada da S.A.

"Nos passam que Botafogo S/A está perto de acontecer, vai ter uma nova ordem dentro do clube. Tomara que seja um clube-modelo, porque o Botafogo representa uma coisa muito linda e muito grande no Brasil", declarou.

O Botafogo se prepara para o início do Brasileiro. A estreia será contra o Bahia.

Disputa saudável na lateral - O Glorioso está perto de fechar com o lateral esquerdo Victor Luís e o atual titular, Danilo Barcelos falou sobre a chegada do concorrente.

"Se acontecer do Victor chegar, vai ser muito bem recebido. Ele tem uma bela história no clube. Trato com naturalidade. Será bom pro Botafogo". disse.

 

Jogador avaliou o desempenho do Tricolor na competição - Foto: Lucas Merçon / FFC

Fluminense voltou aos treinos depois da maioria dos clubes cariocas, mas terminou o Estadual em alta. Mesmo com o vice-campeonato, os tricolores tiveram bom desempenho contra o Flamengo.

Por meio das redes sociais, o volante Hudson fez questão de exaltar a campanha do Fluminense. "Orgulhoso de fazer parte desse time de guerreiros. Foram seis jogos em 18 dias, com nove dias de preparação depois de mais de três meses sem poder jogar futebol. Parabéns para a diretoria, comissão técnica, preparação física, fisiologia, nutrição, psicologia e departamento médico, junto com os fisioterapeutas", escreveu.

"Vocês fizeram milagre na nossa preparação. Parabéns também para todos os funcionários que nos ajudam no dia a dia, roupeiros, massagistas seguranças. Tem momento que você ganha título sem levantar o troféu. E os títulos de guerreiros, homens e profissionais, esses estarão sempre com vocês Fluminense", completou o volante.

Com as boas atuações, os tricolores ficaram confiantes em uma boa campanha no Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. O técnico Odair Hellmann terá tempo para trabalhar visando a sequência da temporada.

O elenco do Fluminense ganhou folga até a próxima segunda-feira. A partir dai, os jogadores voltam a trabalhar sob o comando de Odair. A estreia na Série A será no início de agosto, contra o Grêmio, em Porto Alegre.

Mais Artigos...

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.