Pedrinho diz que família não esquece gol pelo Corinthians que acabou anulado

Esportes
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times
O gol de Pedrinho na final da Copa do Brasil de 2018, anulado após aconselhamento do VAR, ainda não caiu no esquecimento da família do jogador.
Nesta sexta-feira, Pedrinho foi o convidado do programa Gazeta Esportiva e lembrou do lance que impediu a virada do Corinthians sobre o Cruzeiro, na Neo Química Arena.
“Com as redes sociais, sempre passa o gol contra o Cruzeiro, onde foi anulado, minha irmã, que é corintiana, e meu pai, doente (pelo Corinthians), sempre comentam: ‘hoje faz um ano daquele gol. Hoje faz…’. Seria muito importante, eu tinha feito o gol da semifinal contra o Flamengo, trazer aquele título importante pro Corinthians seria essencial”.
De férias, em Maceió, sua terra natal, Pedrinho disse que acompanha o Timão, mesmo em meio a temporada na Ucrânia.
“Até hoje assisto aos jogos do Corinthians. É muito tarde (devido ao fuso-horário), mas os mais importantes acabo assistindo. Foi o time que me deu tudo, que me mostrou pro mundo, não tem como esquecer esse clube gigante, essa torcida. Bate saudade de jogar na Arena lotada”.
Um dos titulares do Shakhtar Donetsk, a revelação do Terrão, que deixou o Corinthians em 2020, também admitiu a vontade de voltar a defender o alvinegro, novamente, no futuro.
“Aqui, tenho cinco anos de contrato com o Shakhtar, pretendo cumprir, pela grandeza do clube, mas, no tempo certo, na hora certa, se Deus quiser, que eu possa estar ajudando o Corinthians e, enquanto isso, estarei na torcida daqui”.