NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Avanço da tecnologia pode melhorar serviços públicos

O trânsito caótico continua sendo um dos maiores problemas nas cidades

Foto: Evelen Gouvêa

O termo Cidade Inteligente compreende novas tecnologias, modelos e práticas disruptivas utilizadas para resolver problemas antigos dos municípios, como o trânsito, segurança pública ou limpeza urbana. Na prática, significa mais qualidade de vida e facilidade na gestão de diferentes cidades. 

Pautado na inovação, o evento Smart City Business America Congress & Expo 2019, receberá prefeitos e secretários municipais de todo Brasil, em São Paulo, para estudar como aproveitar o avanço tecnológico para melhorar serviços públicos.

Serão mais de 20 prefeitos de diferentes partes do País, incluindo Bruno Covas, que administra a capital paulista. Além disso, cerca de 35 secretários municipais de diferentes pastas - sobretudo de desenvolvimento - aceitaram o convite e confirmaram presença no evento que contará com 8200 m² divididos em ilhas temáticas - com soluções para saúde, mobilidade urbana, segurança pública, inteligência artificial, entre outras.

O Smart City Business contará também com o Espaço Cidades, desenvolvido para reunir municípios que já contam com respostas tecnológicas para demandas da população. Assim, será possível observar na prática como o investimento em tecnologia voltada ao desenvolvimento social influencia positivamente a vida do munícipe e da operação de saúde, segurança, trânsito, zeladoria, entre outras.

Para garantir a inovação – A ideia é desmistificar o conceito de Cidade Inteligente e mostrar que grandes e pequenos municípios podem adotar práticas inovadoras sem onerar os cofres públicos, seja através de parcerias público-privadas ou por meio dos smartphones dos próprios cidadãos, atualmente os APPs vêm se tornando uma ferramenta para garantir a agilidade na entrega de serviços públicos, desburocratizando processos e divulgando informações oficiais mais rapidamente.

O evento acontecerá em São Paulo entre os dias 22 e 24 de julho e marcará uma nova etapa para a consolidação do setor de Smart City no mercado brasileiro - que reúne desenvolvedores diversos, empreendedores sociais e empresas empenhadas em desenvolver soluções que possam impactar positivamente a vida nas metrópoles. 


Scroll To Top