Câncer de mama é tema de evento

Atualidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Em referência ao Outubro Rosa, mês em que a prevenção ao câncer de mama está no centro da pauta de discussão na área de saúde, alunos e professores de enfermagem da Universidade Federal Fluminense realizam o evento ''Saúde com arte: colorindo vidas'' na tarde deste sábado (22).

O evento, que é destinado a portadores de câncer e seus familiares, tem por objetivo orientar sobre o câncer de mama e emponderar a mulher mastectomizada a respeito da sua própria condição física e as possíveis maneiras de lidar com essa situação.

A atividade conta com uma equipe de execução formada por seis professores, cinco da Faculdade de Enfermagem e uma da Faculdade de Odontologia da UFF, além de alunos colaboradores.

Responsável pela ação extensionista que esses alunos estão desenvolvendo, a docente da Faculdade de Enfermagem Liliane Belz, afirma que o evento é tão importante para os alunos como para toda a sociedade.

''É fundamental que nossos alunos de educação básica passem por essa vivência, para que entendam mais sobre o tema e passem a promover outras ações de atenção à saúde. Para a sociedade, esta ação é importante para a prevenção do câncer, principalmente o de mama, uma patologia cuja incidência está bem elevada''.

Gratuito e aberto ao público, o evento promoverá um oficinas e palestras que visam auxiliar a mulher a lidar com a doença, além de manter e recuperar sua autoestima. A palestra ''Prevenção de Câncer de Mama'' será ministrada por Iohana Salla, gerente de enfermagem da Fundação do Câncer, que falará sobre prevenção e sua experiência pessoal com a doença.  A outra palestra será sobre ''Higiene Oral'', ministrada pela professora da Faculdade de Odontologia da Universidade, Tereza Cristina Almeida.

No ''Saúde com arte: colorindo vidas'', haverá atividades como esparadrapoterapia, auriculoterapia, arteterapia, oficina de lentos, rodas de conversa e até música ao vivo. A ação também contará com a presença de tatuadores voluntários que irão trazer amostra de tatuagens micropigmentadas e agendamentos para as mulheres que desejam realizar este procedimento de forma gratuita.

Liliane Belz ressaltou que apesar das mulheres receberem orientações de prevenção, tendem a ficar abandonadas no pós-operatório.

''A mama tem uma simbologia muito grande e a mastectomia é uma mutilação muito violenta para a mulher, então, após a realização da cirurgia, ela necessita de apoio. Nesse evento, queremos que essa mulher veja estratégias de resgate para sua autoestima'', explicou.

O evento educativo ocorre amanhã na Reitoria da UFF, entre as 14h e 17h, localizada na Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, na Zona Sul de Niterói.