Como ganhar uma renda extra com doces caseiros na Páscoa

Atualidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Barbara Lima começou a fazer doces com receitas que encontrou na internet

Foto: Marcelo Feitosa

Nos últimos anos, o Brasil enfrenta uma crise econômica que se instalou pelo mundo. Em novembro, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou que mais de 12 milhões de brasileiros estavam desempregados. A saída para muitos foi buscar um serviço autônomo e uma das áreas escolhidas para se investir foi a gastronomia. A proximidade da Páscoa é época ideal para ganhar uma renda extra, isso porque a tradicional troca de ovos de chocolate ainda se mantém entre as pessoas. O lucro varia muito, mas o retorno é garantido.

Preparar doces diferenciados é o que mais chama a atenção dos clientes

Foto: Renata Valentim

Uma doceira que aproveita para faturar renda extra  na Páscoa é Barbara Lima, de 26 anos, que começou a fazer ovos de chocolate no ano passado, com receitas que pesquisou na internet, e sem custo. A prática deu certo e  este ano ela já está recebendo encomendas. 

“Hoje faço curso de confeiteiro para ganhar mais confiança. Agora faço doces para fora, como bolos e docinhos para festas e trufas recheadas. Apostei nos ovos porque é uma coisa mais fácil de se vender, afinal, a grande maioria das pessoas gosta da guloseimas. Hoje como autônoma trabalho em casa, faço o meu horário e ganho mais do que quando trabalhava fora”, garante Barbara. Ela garante  que a procura por esse tipo de chocolate não é pela simples economia. 

“Acredito que seja pelo sabor, pelo diferencial de montar seu próprio ovo, com o seu gosto e cada detalhe. Para essa época, vou vender ovos, cestas, coelhos em formato de pirulito e caixa de trufas”, revela. Os ovos recheados podem ser encontrados a partir de R$ 20, nos tamanhos de 250g, 350g e 500g e as cestas iniciam seu valor em R$ 25. 

Variedade – Doceira há bastante tempo, Renata Valentim, de 41 anos, aproveita essa época para aumentar sua renda, já que por ser uma data específica, os pedidos se concentram. Além de suas encomendas de doces finos para casamento, cupcakes, brownie e pão de mel, Renata já disponibilizou algumas opções especiais para a Páscoa, desde ovinhos menores, até ovo de colher e recheado.

“Ano passado, os ovos fizeram muito sucesso. No início, eu estava um pouco receosa, acreditando que as pessoas não iam gostar do ovo já aberto, porém estava errada, vendemos muito. Os clientes compram porque é um produto diferenciado e às vezes o preço não é tão distinto dos de mercado, que são muito enlatados”, aponta. 

Esse ano os recheios serão em diferentes sabores. Os ovos de colher são encontrados nos tamanhos de 150g e 250g e saem a partir de R$ 27. Também é possível escolher entre três kits fechados, com o preço mínimo de R$ 15. 

A clientela é fiel e quem compra está procurando preço e qualidade. A subgerente de comércio Lorena Alencar opta pelos ovos caseiros por conta de seus benefícios. Para ela, esse tipo de produto possui um preço justo e apresenta o gosto real do chocolate caseiro. 

“Doces caseiros são muito mais gostosos do que esses que compramos em mercados, os industrializados. Escolho diversos sabores e o gosto é incomparável”, opina.