NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Curso gratuito para sair da crise

Seconci lança programa gratuito para reintegrar os desempregados da construção civil ao mercado de trabalho

Foto: Dênio Simões/ Agência Brasília

Com o aumento dos financiamentos imobiliários, a indústria da construção civil se prepara para uma retomada após período de crise. Com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o setor respondeu por metade dos desligamentos registrados no País nos últimos 13 meses. Houve uma redução de 593.375 empregos com carteira assinada, considerando todos os setores. Desses, 334.735, ou 56,4%, estão na construção civil.

Ciente de seu papel social, e do grande impacto que a redução dos efetivos das empresas vêm causando com um aumento exponencial do desemprego entre os trabalhadores do setor, o Serviço Social da Indústria da Construção Civil do Rio de Janeiro (Seconci-Rio), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), criaram o Projeto Reconstruir, que em setembro chega também a Niterói.

Pioneiro, o projeto é de responsabilidade social na indústria da construção e cria novas oportunidades e perspectivas ao grande efetivo de trabalhadores da construção civil que está sendo desligado das empresas. “A proposta é ensinar ao profissional do setor como abrir o seu próprio negócio para atender com qualidade à demanda existente na sociedade brasileira por serviços de reparos e reformas”, afirma a Gerente de Relações Institucionais do Seconci-Rio, Ana Claudia Pontes Gomes.

Aberto a qualquer trabalhador desempregado da construção civil que esteja buscando uma nova oportunidade para empreender seu próprio negócio, o projeto tem uma carga horária de 16 horas dividida em três dias consecutivos. “Aqui eles aprendem desde a fazer um orçamento até como atender o público comum, quando estiverem trabalhando para uma dona de casa, por exemplo. Também vão saber legalizar sua situação como MEI, passar recibos, tudo o que for preciso para a atividade de prestadores de serviços fora do canteiro de obras. É algo que irão levar para a vida toda, mesmo quando esse momento difícil da economia tiver passado”, conta ela.

O curso é gratuito e acontecerá de 27 a 29 de setembro. As aulas abordarão os temas “Empreendedorismo para Começar Bem”, “O Microempreendedor Individual”, “Passo a passo para a Formalização”, “Orçamento da Obra” e “Plano de Negócios para Começar Bem”. Para participar, o interessado deve entrar em contato pelo telefone 2101-2565 e fazer uma pré-inscrição. A seleção acontecerá no dia 5 de setembro, às 8h da manhã na sede do Seconci em Niterói, na Rua Visconde de Itaboraí, 166 , Centro de Niterói.

Guia empresarial – A construção civil, mesmo sendo uma das grandes afetadas pela retração econômica atual, tem potencial para ser a protagonista de uma retomada do crescimento no País. Para começar a desenhar essa saída, uma mudança na cultura empresarial é necessária, com a estruturação de políticas adequadas de controle interno e políticas rígidas de compliance para afastar o risco de cair nos mesmos abismos de corrupção testemunhados ultimamente.

No intuito de ajudar as empresas do setor a construir um ambiente de negócios mais transparente, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) em parceria com o Sesi Nacional preparou dois guias de orientação que servem de referência para entidades e empresas criarem seus próprios modelos de controle interno, assim como melhor preparar as suas participações em concorrências públicas.

“O Guia de Ética e Compliance para Instituições e Empresas da Construção Civil é destinado à prevenção e traz as mais modernas premissas e iniciativas de compliance, alinhadas aos padrões internacionais, que orientam como melhorar o controle interno do setor”, explica o presidente da CBIC, José Carlos Martins. 

Scroll To Top