Faetec: inscrições para novos alunos terminam nesta quinta

Atualidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O prazo de inscrições para ingresso de novos alunos na Faetec em 2018 termina amanhã. São 6.917 vagas para Educação Infantil, Ensino Fundamental, Formação Geral e Normal de Ensino Médio, Ensino Técnico de Nível Médio e Educação Superior. O cadastro pode ser feito pelo site www.faetec.rj.gov.br ou diretamente na página da Selecon, organizadora do processo seletivo.

A seleção é gratuita para ingresso na Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio (Formação Geral/Médio Normal). Para as vagas de Ensino Técnico e Vestibular, haverá uma taxa de inscrição no valor de R$ 52,50.

O processo seletivo para os cursos técnico e de ensino superior será por meio de prova, a ser realizada no dia 17 de dezembro. A exceção é o ingresso na formação Técnica de Teatro, da ETE Martins Pena, que será feita por meio de Teste de Habilidade Específica. Nos demais casos, as vagas serão definidas em sorteio, marcado para o dia 9 de dezembro pela Loteria Federal.

Parceria - Com apoio da Cummins e da Schneider, a Faetec Visconde de Mauá, localizada no bairro de Marechal Hermes, vai oferecer aos alunos do curso técnico de Mecânica, que iniciarem o ano letivo em 2018, um treinamento em Motores Diesel e Geradores de Energia, Eletricidade, Comando e Controles Elétricos. A ideia é preencher as lacunas de formação base para atuar com mecânica moderna e preparar os jovens para um mercado de trabalho mais competitivo, a partir de um programa local de educação vocacional.

"Mesmo diante da crise, empresas do segmento afirmam que o mercado atual não dispõe de profissionais com treinamento em motores a diesel e geradores de grande porte, e que essa carência deverá aumentar exponencialmente quando a indústria reaquecer. Diante desse cenário, o formando que tiver esse tipo de qualificação no currículo estará à frente de outros profissionais", aposta o presidente da Faetec, Miguel Badenes.

O treinamento será realizado pela primeira vez no Brasil. O Rio de Janeiro foi escolhido como sede do projeto-piloto por ser um polo de grande potencial no campo energético. Os formandos neste programa poderão atuar na manutenção de prédios que possuam unidades geradoras, tais como shopping centers, hotéis, restaurantes, padarias, frigoríficos, hospitais, postos de gasolina, entre outros.

"Oportunidades no mercado não irão faltar. Hoje, não há uma oferta abundante de mão de obra em função da crise que vive o país. Mas isso é momentâneo, e o projeto é de longo prazo. Quando o mercado reaquecer, necessitaremos de profissionais que possuam as competências na área de mecânica e elétrica. Por isso, foi proposto complementar à grade curricular da Faetec, com o reforço em algumas disciplinas e extensão determinados temas", avaliou Marcelo Forster, Gerente da Cummins.

O convênio também prevê aproximar os estudantes do mercado de trabalho por meio de processo de empregabilidade e estágio. Todos os alunos que participarem do treinamento terão estágio garantido nas empresas do presente acordo. Dentre os formados, 20% poderão ser contratados pelas instituições, e cerca de 30 a 40% dos demais estudantes deverão ser absorvidos por empresas parceiras.

O projeto vai atender os estudantes que ingressarem no primeiro semestre de 2018 e beneficiará os demais alunos, com a utilização de novos laboratórios de Eletrotécnica, com Máquinas Térmicas, Motores a Combustão e Geradores de Energia. O treinamento será oferecido em módulos extras à grade curricular, no contraturno do curso Técnico de Mecânica.