Acidente com feridos na Região Oceânica

Cidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Um acidente entre um ônibus de viagem e três veículos de passeio deixou uma mulher ferida na Avenida Conselheiro Paulo de Mello Kallo, próximo ao DPO do Cafubá, na Região Oceânica. O caso ocorreu na tarde desta quinta-feira (14), por volta das 14h30, e envolveu seis pessoas. A via ficou fechada por cerca de três horas. Segundo testemunhas, o acidente foi provocado por uma falha no mecanismo de freio do coletivo que colidiu com os três automóveis que estavam na pista sentido Cafubá. A perícia não confirmou até o fechamento desta edição que a falha nos freios foi o que ocasionou o acidente.

De acordo com uma das vítimas, que preferiu não se identificar, o motorista do ônibus perdeu o freio na descida da Estrada Francisco da Cruz Nunes e acionou o alerta, sinalizando o problema para os veículos que estavam à frente. Porém, ainda conforme relatos da testemunha, o condutor não conseguiu frear quando chegou próximo ao semáforo, localizado em frente ao DPO do Cafubá e colidiu com três veículos que estavam parados no sinal, sendo eles um táxi (modelo Meriva), um Toyota Etios e um Mitsubishi Pajero.

Moradores da região informaram que, no momento da batida, o ônibus arrastou os carros por alguns metros e derrubou um poste. Ainda de acordo com testemunhas, o Pajero rodopiou na pista e parou no meio da faixa que divide os dois sentidos da via. “Não tivemos tempo de reagir à ação. O ônibus desceu em alta velocidade, buzinando e fazendo sinal para sairmos da frente. Como não conseguiu frear, ele foi arrastando os veículos um a um. O coletivo só perdeu a força quando bateu no poste”, relatou uma das passageiras do Toyota.

A motorista do Pajero, identificada como Fernanda Vieira Ribeiro Costa, 36 anos, ficou presa nas ferragens e precisou ser resgatada por uma equipe do Corpo de Bombeiros. As demais pessoas envolvidas no acidente sofreram ferimentos leves e foram atendidas no local. A vítima foi encaminhada para o Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca.
De acordo com um representante da Empresa Lannes Tur, responsável pelo ônibus, o motorista estava acompanhado de uma mulher, que seria funcionária de uma escola. Ele informou que, antes do ocorrido, o coletivo havia acabado de levar um grupo de crianças para um passeio e estava retornando para a garagem. 

Devido ao acidente, três faixas da pista foram interditadas para realização da perícia. Agentes da NitTrans estiveram no local para orientar o trânsito, que sofreu congestionamento por cerca de duas horas. A via foi totalmente liberada por volta das 17h30, após a retira dos veículos do local e o reparo da fiação elétrica.