NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Caio Martins: quadra é revitalizada

Na segunda-feira começam inscrições. Obra foi realizada através de parceria com a Suderj, mas outras são aguardadas

Foto via WhatsAppOFLU

Uma quadra poliesportiva externa ao Ginásio do Complexo Caio Martins, em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, acaba de ser revitalizada para a prática de aulas de futebol. Apesar de ser um espaço público, gerido pela Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (Suderj), a obra foi realizada pela Associação Desportiva Estrela Azul numa parceria. A instituição abre nesta segunda-feira inscrições para 150 vagas  gratuitas do esporte para jovens entre 5 e 15 anos. 

Usuários do Caio Martins denunciam há anos a falta de investimentos e  consequente abandono dos ambientes, tanto das quadras poliesportivas, quanto da piscina. Em agosto, o complexo ficou quase uma semana com a energia elétrica cortada por conta de atrasos no pagamento por parte do Governo do Estado. A quadra externa,  que será utilizada para as aulas de futebol, estava com buracos e goteiras, problema ainda não resolvido. 

Há cinco meses, após o início da parceria com a Suderj, começou a revitalização do espaço, possibilitada através de doações de materiais arrecadados pelo fundador e professor da associação, Maurício Carmelo, e a esposa  dele, a diretora da associação, Rita Carmelo, também vice campeã niteroiense de futebol society. O objetivo é oferecer 75 vagas na parte da manhã e 75 à tarde, sendo que, deste número, 50 alunos já foram selecionados antes da revitalização. 

“Pelo fato de a quadra estar muito danificada, eu e minha esposa fizemos a revitalização tapando buracos, impermeabilizando e pintando. Já são 20 anos no esporte, temos muitos ex-alunos que são atletas, professores de educação física, militares e pais de família, pois nossa intenção é a educação através de esporte. Para que o aluno se torne um atleta, tem que ter notas boas”, contou, explicando que o projeto mantém 80 alunos federados na equipe de futsal, que jogam em campeonatos carioca, regionais e metropolitanos. 

Por enquanto, o projeto funciona com aulas de futsal, mas há previsão de oferecer handebol a partir de janeiro. Além disso, a Associação Desportiva Estrela Azul tem a intenção de revitalizar outras áreas do Caio Martins, como a quadra poliesportiva, hoje utilizada para eventos. 

“É um gigante de Niterói. Grandes clubes foram convidados a usar o espaço, mas não queriam fazer a obra. Temos mais duas quadras, se a gente receber a proposta, fazemos a revitalização delas. O objetivo  é revitalizar o ginásio tanto para o esporte quanto para o uso cultural. Tudo isso é do povo”, finalizou.

Interessados em participar das aulas devem comparecer, a partir das 8h, na segunda-feira no Caio Martins. Para se inscrever será preciso uma declaração de estudante, atestado médico, comprovante de residência e um documento com foto do aluno e dos responsáveis. 

Suderj – Sobre parcerias com instituições, a Suderj respondeu que está sempre aberta a acordos, mas que não há planos para este ano. Informou  ainda que, mesmo com os problemas de infraestrutura da unidade, não há previsão de novas revitalizações. Segundo o órgão, o Caio Martins atende duas mil pessoas, em média, semanalmente, participando das 21 atividades oferecidas para o público, entre elas, judô, futsal, capoeira e basquete. 

Prefeitura – No ano passado, o prefeito Rodrigo Neves manifestou o interesse de municipalizar e modernizar o espaço e transformá-lo em local convivência esportiva e de lazer. O projeto era uma das 34 iniciativas que faziam parte da segunda fase do Programa Niterói Que Queremos, que se estende até 2033. O investimento era de mais de R$ 1 bilhão em projetos até 2020. 

De acordo com a Suderj, no entanto, não há projeto de municipalização do Caio Martins em andamento.

 
Scroll To Top