NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Canto de Itaipu: obras de revitalização começam neste semestre

Espaço receberá uma nova organização para os estacionamentos e uma grande restauração paisagística

Foto: Ilustração

Um dos locais mais visitados da cidade, o Canto de Itaipu, área próxima à praia, na Região Oceânica de Niterói, será completamente revitalizado. Evidenciando ainda mais o patrimônio local, aumentando as potencialidades turísticas e valorizando a cultura pesqueira tradicional, o espaço receberá uma nova organização para os estacionamentos e uma grande restauração paisagística. A expectativa é de que as obras sejam iniciadas neste segundo semestre.

“Itaipu é uma das comunidades mais tradicionais e culturalmente importantes da cidade. Com o relevante potencial turístico e para o lazer, a praia merecia há anos uma infraestrutura mais compatível”, disse o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael.

A requalificação urbanística do Canto de Itaipu irá transformar a área em um novo espaço, com praça de eventos, rampa de acessibilidade, passeio público, além de apoio para a atividade pesqueira. Com esta iniciativa, será possível construir salas de reunião, de administração e depósito de pescado.

Com a requalificação urbanística será possível construir salas de reunião, de administração e depósito de pescado

Foto: Ilustração

O projeto também privilegia a inclusão social e, para isso, serão construídas passagens com acessibilidade ao banho de mar para as pessoas com dificuldades de locomoção, principalmente, cadeirantes. A previsão é de que a obra seja realizada em cinco meses. O investimento será de aproximadamente R$ 2,3 milhões.

“Todos os espaços foram desenhados para manter a facilidade do acesso e circulação, principalmente aos usuários que apresentam algum tipo de dificuldade de locomoção e, estes espaços buscaram estar integrados entre si e ao conjunto de ambientes visuais, físicos, estéticos e funcionais”, explica Grael.
Para o novo projeto de paisagismo do Canto de Itaipu, a meta é preservar o maior número de espécies arbóreas existentes, privilegiando as espécies do ecossistema da mata pluvial atlântica de restinga e em condições saudáveis.

“Todo este projeto de requalificação urbanística do Canto de Itaipu tem como objetivo agregar sobre a realidade local, áreas destinadas a usos coletivos diversos, além de uma nova condição de presença paisagística, tornando-se uma alternativa de lazer, comércio e desenvolvimento da atividade pesqueira. Para isso, vamos manter suas características ambientais, evidenciando a natureza e identificando suas potencialidades produtivas, propondo práticas e estratégias para o desenvolvimento sustentável, que permita integrar o Canto de Itaipu ao uso coletivo para população de Niterói”, enfatiza o secretário.

Scroll To Top