NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Cartões-postais serão remodelados

Grade que esconde o MAC dará lugar a um muro de vidro transparente

Foto: André Redlich

Dois dos principais pontos turísticos de Niterói estarão de cara nova no final desse ano: o Museu de Arte Contemporânea (MAC) e a ponte da Ilha da Boa Viagem já passam por obras e terão uma nova iluminação artística projetada pelo lighting designer Peter Gasper. Segundo a Fundação de Arte de Niterói (FAN), a iluminação do museu é onerosa e ultrapassada e, com o novo projeto, o local vai ganhar luminárias no pátio e projetores no lago em LED, possibilitando a visitação noturna do monumento e a criação de efeitos de iluminação.

O novo sistema de iluminação vai contribuir com a sustentabilidade do MAC ao gerar uma economia de cerca de 80% do consumo de energia. “Depois de vinte anos vamos apresentar um novo MAC para a cidade. Mais sustentável, acessível, confortável, moderno e bonito, com a nova frente e iluminação do Peter Gasper. O prefeito entrega à cidade, no fim do ano, um patrimônio, símbolo nacional, tombado e pronto para as próximas décadas. Soma-se a isso a renovação do comodato das obras do [colecionador João] Sattaminni e a cessão do terreno do Museu do Ingá para a nova reserva técnica. Estou muito feliz como gestor e niteroiense”, comemora o presidente da FAN, André Diniz.

O museu entrou em obras em fevereiro e também terá novo sistema de ar-condicionado, novo piso interno, troca do carpete vermelho da rampa e acessibilidade para idosos e cadeirantes através da instalação de elevadores, além da substituição das grades de ferro por vidro. Segundo a FAN, a reforma será concluída para a comemoração dos 20 anos do MAC em 2016. “Estamos fazendo um investimento grande, de R$ 4 milhões, e vamos entregar um novo MAC no final do ano, início de 2016, para comemorar os 20 anos. O MAC é genial, é uma referência do país, da cidade, mas aquelas grades diminuem o museu. Por causa delas, você anda na calçada e não vê o museu, vê a grade. Vamos substituir a grade por vidro de maneira que quem está andando na calçada ou na rua vai poder apreciar o museu. O Peter Gasper fez um projeto de iluminação artística que não foi implantado. Nós resgatamos, atualizamos o projeto e vamos inaugurar o MAC com a nova iluminação”, explica o prefeito Rodrigo Neves.

Mais para a frente, a ponte da Boa Viagem estará recebendo obras para a recuperação da infraestrutura, dos pilares e dos guarda-corpos. Segundo a Prefeitura, todo o concreto (pilares, fundação e tabuleiro) que está deteriorado receberá tratamento químico para se tornar mais resistente à ação do mar. A ponte ganhará pintura, drenos para escoamento de água e nova iluminação. O investimento no projeto é de cerca de R$ 700 mil. “Na minha opinião, aquele é um dos cantos mais bonitos de Niterói. A Ponte está condenada pela Defesa Civil há 15 anos. É um espaço que a cidade não aproveita. Nós queremos recuperar espaços públicos da cidade, como fizemos com o Horto do Fonseca, o Teatro Popular, Caminho Niemeyer e devolver para a população, por isso estamos investindo na recuperação do local. Também queremos trazer a administração da Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem para a gestão municipal. Estamos conversando com a Secretaria de Patrimônio da União (SPU). Aí será extraordinário”, opina o prefeito.

Ele revela que planeja instalar uma base da Guarda Municipal nos arredores da ponte, aproveitando os formandos em novembro, para aumentar a segurança do local.“Teremos uma iluminação artística da ponte, a ser inaugurada em dezembro, mais segurança e o novo MAC, reformado e também iluminado. Será arte contemporânea do século XXI ao lado da ponte e da igreja, que é do século XVII. Vai ser uma viagem no tempo”, conclui Rodrigo Neves.


Scroll To Top