NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Defesa Civil capacita voluntários

Treinamento inclui aulas de localização na mata, manejo de vítima e rapel

Divulgação/Prefeitura de Niterói

Você sabia que a cidade de Niterói tem um programa contra queimadas? E que você pode se tornar um voluntário do Núcleo de Defesa Civil (Nudec) Queimadas? O órgão municipal oferece, gratuitamente, um curso com aulas teóricas e práticas, que tem como objetivo capacitar os participantes para atuar em apoio à instituição e ao Corpo de Bombeiros, denunciando focos de incêndio e a soltura de balões. Desde 2014, já foram capacitados 369 voluntários.

O secretário municipal de Defesa Civil tenente-coronel Walace Medeiros alerta que as queimadas representam uma questão muito nociva para o município, principalmente nos meses de festas juninas, que também são caracterizados pelo clima seco e ausência de chuvas.

“No trabalho de combate a queimadas, a Defesa Civil também realiza a ronda preventiva uma vez por mês em bairros de Niterói. O grupo de trabalho é formado por agentes e voluntários da Defesa Civil, agentes da Guarda Ambiental e representantes da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, do Parque Estadual da Serra da Tiririca e da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin)”, enfatiza Medeiros, ressaltando que provocar incêndio em vegetação, assim como soltar balão, é crime, e os responsáveis estão sujeitos a multa.

No último dia 15, aproximadamente 42 alunos do primeiro módulo do curso de capacitação realizado pela Defesa Civil de Niterói, que está em sua 6ª edição, participaram de um treinamento na Enseada do Bananal, no Parque Estadual Serra da Tiririca. Na atividade, eles tiveram aulas práticas de localização na mata com auxílio de bússola, manejo de vítima em local de difícil acesso, além de descida em rapel. Todo o trabalho é acompanhado de perto por técnicos da Defesa Civil, do Inea e de especialistas em primeiros socorros. 
Durante o curso, são ensinadas noções básicas de defesa civil, ações preventivas, Gestão do Serviço do Voluntário sistema de meio ambiente e geografia de Niterói, meteorologia aplicada a queimadas, os aspectos nocivos das queimadas e a atuação do Corpo de Bombeiros em incêndios.  

Instrução – O bombeiro reformado Jair Ribeiro, 56 anos, é um dos instrutores do curso. Há seis anos na Defesa Civil atuando no Nudec, ele destaca que um dos aspectos que mais chamam a atenção na capacitação é que os participantes passam a ter uma maior percepção do risco em diversas situações.

“Esses conhecimentos trazem para os voluntários uma mudança comportamental grande. O trabalho de minimização de desastres é muito importante, principalmente, no que diz respeito às ações multiplicadoras da perda da vida por falta de conhecimento. É gratificante ver pessoas de diferentes profissões e idades em busca de um objetivo comum, que é ajudar ao próximo”, conta Jair, lembrando episódios como o de um aluno do curso que conseguiu socorrer o pai, com sintomas de enfarte, com as técnicas de massagem cardíaca que aprendeu nas aulas.  

Voluntários – E quando o assunto é ajudar ao próximo, Sônia Batista, 63 anos, se destaca. Com vitalidade e dedicação que impressionam, a capixaba mora em Niterói há quase 19 anos e participou do primeiro curso de capacitação da Defesa Civil em 2017. Desde então, não parou mais. Agora, Sônia integra a equipe de apoio do Nudec Queimadas. O trabalho voluntário, ela conta, proporcionou experiências inesquecíveis.

“Fui vítima de um atropelamento e tive um acidente grave de carro. Esses momentos difíceis contribuíram ainda mais para que eu me dedicasse a ajudar o próximo, a ter uma noção de como se pode socorrer e ajudar uma pessoa em situações como essas. Aprendi muito, muito mesmo com os cursos e, em 2018, tive a minha maior experiência ao participar como voluntária da Defesa Civil no acidente do Boa Esperança, na Região Oceânica”, revela Sônia.

Aos 27 anos, Glória Maria Szanto é estudante e trabalha como babá e cuidadora de idosos. A ideia de se inscrever no curso partiu da possibilidade de aprender técnicas de primeiros socorros e de estar mais perto da natureza.

“Tem sido uma experiência maravilhosa e surpreendente. Percebi ainda mais o quanto o trabalho em equipe é fundamental. Com certeza, sou um ser humano melhor depois de passar por essas experiências. Quero continuar nos cursos”, diz entusiasmada.

Serviço – O curso é ministrado por módulos, e para participar é preciso se inscrever no site da Defesa Civil de Niterói (www.defesacivil.niteroi.rj.gov.br), na área de cadastro de voluntários e preencher um formulário. Os cursos também são divulgados pelo Facebook da Defesa Civil e da Prefeitura de Niterói. turpis. Etiam vitae eros ac nisi commodo viverra.

Scroll To Top