NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Medalha se junta à exposição dos Grael

Martine Grael e Kahena Kunze venceram na classe 49er FX nos Jogos Olímpicos

Foto: Marcelo Feitosa


Na quinta-feira (1°), a exposição “Grael – Amor pelo mar”, que estreou no início do mês de agosto, recebe mais uma medalha olímpica. A medalha de ouro de Martine Grael, conquistada nas Olimpíadas de 2016, se juntará às outras sete medalhas dos ilustres atletas da vela niteroiense e brasileira: Lars e Torben Grael. A mostra, que faz uma homenagem à família Grael, acontece no Espaço Cultural Correios Niterói (Palácio dos Correios).

A história de ligação tão estreita que a família Grael tem com a vela dá o panorama da primeira das três salas da exposição, que, de forma interativa, conta ao público a trajetória dos Grael.

A segunda sala da exposição é dedicada aos Jogos Olímpicos, onde será possível ver a recente medalha de ouro conquistada por Martine Grael, além das cinco medalhas olímpicas conquistadas pelo seu pai, Torben, e as duas medalhas que seu tio Lars também conquistou. Torben possui duas medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze, enquanto seu irmão Lars subiu ao pódio com o bronze duas vezes.

Na sala central, o foco está na relação que os irmãos Grael têm atualmente com a vela. Já a última sala é dedicada à Baía de Guanabara, considerada berço nacional da vela.

A exposição  sobre a família Grael estará disponível até o dia 24 de setembro. O Espaço Cultural Correios Niterói – Palácio dos Correios fica na Avenida Visconde do Rio Branco, 481, no Centro. Visitação: de segunda a sábado, das 11h até as 18h (exceto feriados). Entrada franca. Telefone: 2622-3200.

Scroll To Top