NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Nova frente de intervenções na Região Oceânica de Niterói

Previsão é de que, após o lançamento do edital, obras sejam iniciadas em 60 dias

Leonardo Simplício / Prefeitura de Niterói

A Prefeitura de Niterói lança, na próxima semana, o edital para a realização de obras nos bairros de Serra Grande e Maravista, na Região Oceânica da cidade. Com investimento de R$ 78 milhões, a intervenção contemplará 66 ruas e aproximadamente 26,65 km de extensão com rede de drenagem e pavimentação, que inclui padronização de calçadas e meios-fios. A previsão é de que, após o lançamento do edital, os trabalhos sejam iniciados em até 60 dias.

“Nos últimos cinco anos, a Região Oceânica recebeu o maior investimento em obras de drenagem e pavimentação de sua história: mais de R$ 100 milhões. São obras de infraestrutura que não aparecem, mas são importantes porque melhoram a qualidade de vida das pessoas”, explica o secretário de Obras, Vicente Temperini.

Os dois bairros passarão por uma revitalização completa, com implantação de rede de drenagem para escoamento da água da chuva, novo asfalto e pavimentação. Além das 66 ruas desses dois bairros, outras que já possuem drenagem terão também uma recuperação de sua pavimentação.

“Estamos dando continuidade ao compromisso de prover a Região Oceânica de Niterói de infraestrutura, drenagem e pavimentação. Esse será mais um passo para que a região mude seu patamar, que antes era de abandono total, para novos tempos”, comemora o administrador da Região Oceânica, Carlos Roberto Boechat.

Atualmente estão em andamento as obras de infraestrutura do Boa Vista e do Jacaré, na Região Oceânica. No Boa Vista, treze ruas estão sendo urbanizadas, totalizando mais de seis quilômetros de galerias de águas pluviais, terraplanagem e asfalto. O bairro tem cerca de 400 casas e a obra é uma antiga reivindicação dos moradores. Mais de 150 ruas nos bairros do Cafubá, Fazendinha, Bairro Peixoto, Piratininga, Camboinhas e Maralegre foram reurbanizadas desde 2013.


Scroll To Top