Operação Papai Noel coloca nas ruas 141 agentes de segurança

Cidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O início da ação para as festas de fim de ano foi realizado ontem na Praça Arariboia, no Centro da cidade

Foto: Luciana Carneiro/Divulgação Prefeitura de Niterói

Parte do efetivo da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar se reuniu, na manhã de ontem, em frente à Estação Praça Arariboia, no Centro de Niterói, para início da Operação Papai Noel. A ação integrada entre a Guarda e o 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) tem o objetivo de coibir roubos e furtos em regiões com maior número de estabelecimentos comerciais nesse período de fim de ano. Somando-se os efetivos, serão mais de 140 servidores nas ruas dedicados à Operação: 76 guardas e 65 policiais militares, das 8h às 22h. A Operação Papai Noel segue até o dia 7 de janeiro. 

De acordo com o secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas, o trabalho em conjunto com a Polícia Militar permite que mais áreas sejam incluídas no patrulhamento especial.
 
“A Operação visa proporcionar mais segurança aos moradores de Niterói nesse período de compras e festas, em um trabalho integrado com a Polícia Militar. Teremos reforço de patrulhamento nos centros comerciais, principalmente Centro de Niterói, Icaraí, Fonseca. Teremos policiais e guardas a pé nas ruas, com apoio de viaturas e bicicletas”, enumerou. 

De acordo com o inspetor-geral da Guarda, Leandro Nunes, crimes de rua terão mais atenção durante a Operação. 

“Vamos fazer trabalho de equipe em pontos estratégicos com maior vulnerabilidade em relação a furtos e roubos, como saídas de shoppings, terminal rodoviário, estação das barcas. Nossas equipes estarão prontas para dar esse suporte à população”, explicou. 

O comandante do 12º BPM, coronel Márcio Oliveira Rocha, apontou que o chamado “policiamento de proximidade”, que vem sendo implementado desde que assumiu o comando, será testado durante o período. 

“Fizemos mapeamentos dos principais eixos comerciais. O policiamento de proximidade já vem sendo implantado por nós, e em especial nesse mês de dezembro vamos poder experimentar isso de forma bastante forte em Niterói. Vamos aumentar ainda mais nossa integração com a guarda, em prol do interesse maior da segurança pública”, comentou.