NITERÓI/RJ
Min:   Max:

É real

O que é inteligência? Essa definição é fácil, sem problema. Todos devem saber. Mas se for acrescentada a palavra serviço, a coisa pode se complicar.

Graças a essa união, surge o serviço de inteligência das polícias, que tem deixado os ladrões de qualquer matriz em ebulição. Estão superapavorados. E não é para menos.

O monitoramento  de ligações telefônicas é um bom exemplo de eficiência.

Este serviço adotado pelas polícias Federal, Estadual e Militar tem permitido às polícias  levar, no Estado do Rio, muitos assaltantes, traficantes e criminosos do colarinho branco para xilindró, com o desbaratamento dos grupos organizados para o crime. Todos estão prontos para atuar, bastando ver o desmonte realizado quase diariamente nas comunidades e altos escalões.

É bom para todos.

O interessante é a existência de tantos traficantes, assaltantes, gente coroada e linhas auxiliares perambulando pelas comunidades. São decorrentes das vultosas quantias arrecadadas pela atividade ilícita. É assustador.

Mas o problema está com os dias contados, porque  com a ação coordenada das polícias e o auxílio do MPF e do MPE, essa praga será erradicada e a população ficará livre dessa turma.

Contudo, a luta tem de continuar intensa e a Justiça sairá ganhando.

Os exemplos estão bem claros: só observar as ações em Niterói com a prisão e apreensão de bens. São dignas de aplausos.

Que o serviço de inteligência prossiga para aumentar o seu poderio.

São modelos dessa envergadura que  estão se tornando um sucesso no combate à criminalidade. Qualquer pessoa pode observar os seus efeitos. O pega para capar atinge todos os setores, do pequeno ao grande.  O aperfeiçoamento do serviço de inteligência levará, inclusive, à diminuição dos tiroteios, com feridos e mortes.

À medida que o sistema eletrônico vai evoluído, brevemente se alcançará o nível existente nas Forças Armadas.

A Polícia Federal já está no ponto. No Estado do Rio, por falta de recursos, as policias Civil e Militar ainda demoram a alcançar esse patamar. Mas já estão demonstrando  sua evolução.
 
É uma das prioridades  da intervenção na segurança do estado. Está se dedicando de corpo e alma ao serviço de inteligência para facilitar o extermínio dos ladrões e traficantes.

Mãos à obra para reduzir o crime no Estado do Rio e em outras unidades da federação.

Scroll To Top