NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Peset celebra seus 26 anos

Atualmente, o Peset recebe cerca de 300 mil visitantes por ano

Foto: Evelen Gouvêa

Há muitos anos, um grupo de ambientalistas lutava pela preservação ambiental da Serra da Tiririca. Com o movimento, em novembro de 1991 foi criado o Parque Estadual da Serra da Tiririca (Peset), que completa 26 anos na próxima quarta-feira (29). Para comemorar a data, o parque preparou uma programação especial, que começa com a observação de aves nas unidades de conservação, o Vem Passarinhar. Neste sábado (26), o encontro será pelo Caminho de Darwin e Laguna de Itaipu. O ponto de encontro é na Praça do Engenho do Mato, na Região Oceânica de Niterói, entre 7h e 16h.

Abrangendo áreas dos municípios de Niterói e Maricá, a unidade é composta por uma área marinha e uma terrestre, que compõem 3.493 hectares. Durante a sua programação, o Peset separou dois dias para a observação da extensa lista de espécies de aves, são 202. Neste sábado, o grupo sai da Praça do Engenho do Mato, às 7h, segue de carro até o acesso ao Caminho Darwin, e vai até a Laguna de Itaipu. Amanhã, o ponto de encontro é na Rua Domingo Mônica Barbosa, 4, no Recanto, em Itaipuaçu, Maricá. A programação será de passeio pela área do Peset do município e a área de proteção ambiental de Maricá. 

Atualmente, o Peset possui 300 mil visitantes anualmente, que buscam diferentes atrações e tipos de turismo. Por conta disso, segundo o administrador do local, Alexandre Ignácio, a fiscalização e o cuidado são intensos para garantir a conscientização da população e a educação ambiental, sobretudo de crianças.

“Criamos regras para que tudo funcione bem. Fazemos controle de acesso às trilhas, regulamos os grupos de esporte, que cada vez crescem mais, como salto, rapel e escalada. Durante a fiscalização, conversamos e explicamos como funciona a proteção, mas as vezes precisamos autuar, ser incisivos e fazer ocorrência”, explicou Alexandre. 

Os esportes fazem tanto sucesso no Peset que, cada vez mais, novos projetos surgem para as trilhas. Um grupo conseguiu, neste ano, autorização do Inea para realizar tirolesas de 40m de altura e 60m de distância, na Enseada do Bananal. A próxima atividade será no dia 3.


Scroll To Top