NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Piscina do Caio Martins está pronta e aguarda vistoria técnica

Enquanto o parque aquático não é liberado, há vagas para aulas de Jiu-Jítsu, Boxe Filipino, Judô, Muay Thai e outros

Marcelo Feitosa

A piscina do Complexo Esportivo Caio Martins, em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, teve a obra de revitalização concluída e passa por vistorias técnicas para voltar à ativa. Outros retoques estruturais e estéticos estão sendo feitos, como melhorias no vestiário do parque aquático e obras de acessibilidade. Aulas esportivas e demais atividades seguem funcionando e estão com matrículas abertas. 

Apesar de informar que a obra de revitalização da piscina de 25x50 metros foi concluída, a Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude não divulgou uma data para quando as aulas voltam ao normal. As atividades na piscina, que estão há pelo menos um ano paradas, beneficiavam cerca de 5 mil frequentadores. Para a obra, toda a estrutura precisou ser revista, refazendo a tubulação e ligação da piscina, que apresentava um grande vazamento. Além da piscina, arquibancadas e telhado passaram por intervenções. 

Enquanto o parque aquático não é liberado, há vagas para aulas de Jiu-Jítsu, Boxe Filipino, Judô, Muay Thai, Capoeira, Karatê, Futebol, Futebol PCD (Pessoas com Deficiência), Futebol Feminino, Futebol Infantil, Treinamento Funcional, Basquete Infantil, Basquete Juvenil, Zumba, Yoga, Alongamento, atendimento com fisioterapeuta e pré-vestibular. 

São cerca de 50 vagas por turma de modalidade, o que totaliza, aproximadamente, mil vagas oferecidas. Todas ainda recebem inscrição. Público de todas as idades podem se inscrever, basta respeitar a faixa estabelecida dentro de cada modalidade/turma oferecida e procurar a Secretaria do Complexo Esportivo Caio Martins.

​De acordo com a secretaria, os convênios com a Cruz Vermelha e o Niterói Mais Ativa já iniciaram as atividades. A medida resulta em atividades para pessoas com deficiência e um consultório odontológico para crianças e adultos montado pela Cruz Vermelha. Em breve, o Complexo também ganhará uma Academia da Terceira Idade. Mais projetos ainda estão sendo estudados. (Carolina Ribeiro)

 
Scroll To Top