NITERÓI/RJ
Min:   Max:

População de rua em pauta no Rio

O Governo do Estado e a Prefeitura do Rio de Janeiro planejam submeter pessoas em situação de rua a avaliações de profissionais de saúde para identificar possíveis casos de internação compulsória. Tanto o prefeito, Marcelo Crivella, quanto o governador, Wilson Witzel, deram nesta quarta-feira declarações nesse sentido, ponderando que o modo como isso será feito ainda está em avaliação. 

A possibilidade de internar compulsoriamente dependentes químicos em situação de rua foi defendida pelo governador Wilson Witzel, depois que duas pessoas foram assassinadas a facadas por um morador de rua na Zona Sul do Rio de Janeiro. 

O prefeito do Rio de Janeiro, por sua vez, disse que está em estudo a criação de centros com médicos e assistentes sociais que farão a identificação de possíveis casos de internação compulsória. 

Scroll To Top