Prefeitura arrecada R$ 335 mil com multas de trânsito em SG

Cidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

São Gonçalo teve no mês de maio uma média de 79 multas aplicadas por dia

Divulgação

Estacionar na calçada ou em local e horário proibido pela sinalização, avançar o sinal vermelho e dirigir falando no telefone celular. Estas são as quatro infrações de trânsito mais cometidas pelos motoristas em São Gonçalo. Somente em maio, elas corresponderam a 60% do total de multas aplicadas no município.

Os números são do Departamento de Auto de Infração (DAI) da Guarda Municipal, criado em janeiro pelo comandante da corporação, Alberto Mello, com o objetivo de ganhar tempo e controle sobre as penalidades aplicadas em São Gonçalo .

“Cerca de 30 a 40% das multas acabavam não gerando receita para o município por questões como perda de prazo. Hoje, mesmo com a diminuição no número de multas aplicadas, devido ao trabalho de conscientização que realizamos durante três meses, temos um aumento na arrecadação, porque atualmente essas perdas não ultrapassam 10%”, explicou Mello.

O último mês de maio teve uma média de 79 multas aplicadas por dia. No total, foram 2.459 – sendo 526 relativas a estacionamento em calçadas obstruindo a passagem de pedestres, 339 a carros estacionados em local e horário proibido especificado em placa de sinalização, 332 de avanço de sinal e 280 a motoristas flagrados falando no celular enquanto dirigiam. A arrecadação foi de R$ 335 mil.

A infração mais cometida no município é definida pelo inciso VIII docapítulo XV, no artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB),como grave. Quem estaciona o veículo sobre o passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas,refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pistas de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardins públicos paga multa de R$ 127,69, perde cinco pontos na carteira e fica sujeito àremoção do veículo.