Prefeitura de Niterói inicia macrodrenagem no Cafubá

Niterói
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Com aproximadamente 500 metros de extensão, a via é o principal acesso ao bairro, onde há dois meses foram iniciadas obras de drenagem e pavimentação pelo programa Bairro Melhor

Evelen Gouvêa

A Prefeitura Municipal de Niterói, através da Empresa Municipal de Moradia, Urbanismo e Saneamento (Emusa), inicia nesta quinta-feira (25) as obras de macrodrenagem na Avenida Conselheiro Paulo de Melo Kate, também conhecida como Avenida 6, no Cafubá, na Região Oceânica.

Com aproximadamente 500 metros de extensão, a via é o principal acesso ao bairro, onde há dois meses foram iniciadas obras de drenagem e pavimentação do programa municipal Bairro Melhor. Materiais e equipamentos já começaram a chegar ao local para a realização da obra, realizada para acabar com os constantes alagamentos.

De acordo com o prefeito Rodrigo Neves, este tipo de trabalho beneficiará também as ruas paralelas.

“Com a macrodrenagem, que consiste numa drenagem mais profunda, quando chover não vai mais ocorrer enchentes nem a permanência de áreas alagadas tanto nela quanto nas vias paralelas”, explicou.

No último dia 16 de junho, a prefeitura entregou a Rua das Gaivotas e a Rua Dr. Francelino Barcellos (antiga Avenida 11), as duas primeiras de um total de 22 que estão incluídas no programa de revitalização do Programa Bairro Melhor no Cafubá, com investimentos de R$ 35 milhões. Em todas as ruas estão sendo feitas galerias de esgoto e águas pluviais, além de meio-fios, calçadas e a pavimentação.

“Essa região espera há décadas por essas obras. E o governo municipal está atendendo ao anseio da população e cumprindo uma promessa de campanha. Os moradores daqui merecem. E não vão mais ter de colocar sacos plásticos nos pés para evitar a lama nos dias de chuva”, disse o prefeito Rodrigo Neves.

O chefe do Executivo municipal afirmou ainda que a meta é realizar obras de drenagem e pavimentação em toda a Região Oceânica até o fim de 2016 com recursos próprios e em parcerias com os governos estadual, federal e de financiamentos de instituições internacionais.

Nos últimos dois anos, cerca de 80 de ruas nos bairros de Itaipu Piratininga e Camboinhas receberam obras drenagem e pavimentação.