NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Prefeitura entrega 374 imóveis no Zilda Arns I e II

O Conjunto Habitacional Zilda Arns I e II foi erguido na Rua Teixeira de Freitas, no Fonseca, na Zona Norte de Niterói

André Redlich

As 374 famílias que foram selecionadas pela Prefeitura de Niterói, no sorteio de apartamentos do conjunto habitacional Zilda Arns I e II, no Fonseca, Zona Norte da cidade, vão assinar os contratos no dia 2 de julho, no Campus de Educação da UFF, no Gragoatá. 

Vítimas das enchentes de 2010 em Niterói vão receber apartamentos no conjunto habitacional da Rua Teixeira de Freitas, no Fonseca. A região já possui tratamento de esgoto, clínica da família, duas escolas e uma Unidade Municipal de Educação Infantil. Dessas 374 famílias, 250 viviam com auxílio do aluguel social.

A secretária executiva da prefeitura, Maria Célia Vasconcellos, ressalta a satisfação da prefeitura com o projeto entregue.

“A Prefeitura de Niterói está muito feliz por ter desempenhado essa função de disponibilizar um lugar digno para essas pessoas morarem. É uma sensação de alegria e dever cumprido”, disse.

Após a assinatura dos contratos, os novos proprietários irão aos apartamentos com uma equipe de vistoria. O imóvel, estando em condições ideais, será liberado para cada família se mudar no mesmo dia. O conjunto possui nove blocos. Já foram eleitos os síndicos e subsíndicos.

O secretário de Habitação de Niterói, Atratino Cortes, comemora a entrega das casas e projeta o futuro. 

“É uma vitória. É uma sensação que não tem igual, chamar as famílias e apresentá-las o projeto pronto e todo estruturado. São pessoas que viviam em situação até de risco. E é indescrítivel poder fazer algo por elas. Estamos ajudando essas pessoas a resgatar a dignidade e a qualidade de vida. É uma alegria enorme. Ainda terão muitos outros projetos que vão contemplar mais de 2 mil famílias até 2016”, diz o secretário.

Expectativa – Segundo a Secretaria de Habitação, são previstas as entregas de 2120 casas de conjuntos habitacionais. Serão contemplados os bairros do Caramujo, Ititioca, Badu e a Estrada Bento Pestana. Serão priorizadas famílias que vivem em área de risco e que recebem aluguel social. 


Scroll To Top