NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Região Oceânica: investimento de R$ 19 milhões

Obras no Cafubá integram o programa Bairro Melhor, feito com recursos próprios do município. Nesta sexta-feira, o prefeito Rodrigo Neves vistoriou os trabalhos.

Foto: Divulgação / Divulgação Prefeitura de Niterói/ Leonardo Simplício

A Avenida Professora Romanda Gonçalves, no Engenho do Mato, em Itaipu, na Região Oceânica de Niterói, receberá investimentos de R$ 19 milhões para as intervenções de macrodrenagem no trecho de mais de um quilômetro de extensão da via. A licitação será aberta neste sábado e a previsão é de que até agosto a etapa esteja finalizada. A expectativa é que as obras sejam iniciadas em setembro. O sistema permitirá a conclusão da microdrenagem em vias do Engenho do Mato e do Maravista. 

Foto: Marcelo Feitosa


Segundo o vice-prefeito, Axel Grael, o projeto seria realizado na Avenida Central, mas para diminuir os transtornos aos moradores, a obra vai acontecer na Avenida Professora Romanda Gonçalves.

No trecho da Avenida Romanda Gonçalves, novas galerias retangulares serão instaladas para diminuir as inundações e facilitar os escoamentos de água. Segundo o vice-prefeito de Niterói, Axel Grael, o projeto seria realizado na Avenida Central, mas para diminuir os transtornos aos moradores, a obra vai acontecer na Avenida Professora Romanda Gonçalves, via paralela à Avenida.

“Vamos começar esse projeto da [Avenida] Romanda Gonçalves do zero. Fizemos um estudo detalhado do local, e percebemos que se realizarmos as intervenções em uma via alternativa à Avenida Central, ou seja, na Romanda [Gonçalves], os transtornos seriam menores à população”, afirmou Axel.  

Nesta sexta, durante vistoria nas obras do Cafubá, também na Região Oceânica, o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, disse que na última semana de julho, será concluída mais uma etapa da obra de pavimentação e drenagem do Cafubá, com a finalização das ruas das Gaivotas e 64 e avenida 11. 

As obras no Cafubá integram o programa Bairro Melhor, feito com recursos próprios do município. Estão sendo investidos R$ 35 milhões e 22 ruas serão beneficiadas. Em todas as vias sendo feitas galerias de esgoto e águas pluviais, além de meio-fios, calçadas e a pavimentação. 

O prefeito destacou que esses investimentos se somam aos já realizados na Região Oceânica em parceria com os governos federal e estadual, como a drenagem e pavimentação de dezenas de ruas em Piratininga, Bairro Peixoto, Camboinhas, Maravista e Engenho do Mato.

“Estamos realizando investimentos de infraestrutura na Região Oceânica desde o início da nova gestão da Prefeitura. Graças a essa parceria com os governos federal e estadual e com recursos próprios municipais, a Região Oceânica está recebendo os maiores investimentos de sua história”, concluiu.

Moradores da região dizem estar muito satisfeitos com as obras. O funcionário público Eraldo de Oliveira Brito, de 54 anos, afirmou que o bairro estava muito abandonado.

“Moro aqui há oito anos. Havia muitos problemas. Esgoto, água empoçada, não tinha pavimentação, estava tudo largado, alagava tudo. Agora, a obra está sendo feita e melhorou muita coisa”, disse. 

Scroll To Top