NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Rio de Janeiro se destaca em plano de conservação

A Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade acaba de dar um importante passo em prol da preservação da flora nativa do Rio de Janeiro ao instituir o primeiro Plano de Ação para a Conservação da Flora Endêmica ameaçada do estado.

Criado para servir como um instrumento oficial para a realização de ações voltadas à conservação das 884 espécies identificadas como exclusivas (endêmicas) do Rio de Janeiro, a iniciativa pioneira visa traçar e implementar estratégias efetivas de proteção, que impactem especialmente às 513 espécies ameaçadas de extinção no estado.

Na prática, o plano vai servir para embasar o planejamento estratégico com a realização de ações que promovam a restauração florestal e ainda preservem as espécies ameaçadas. Com essa iniciativa conjugada, a secretaria trabalhará para garantir a diversidade do estado de maneira plena.

A subsecretária de Conservação da Biodiversidade e Mudanças do Clima, Eline Martins, pontua outros benefícios da iniciativa.

“Com o plano instituído, também fortaleceremos nossa participação em projetos como a Estratégia Nacional para Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção (Pró-Espécies), cujos recursos são angariados para essa destinação”, ressalta Eline.

A subsecretária explica que o projeto, idealizado pelo Ministério do Meio Ambiente, apoia ações de prevenção, conservação, manejo e gestão que possam minimizar as ameaças e o risco de extinção de espécies, integrando União, estados e municípios na implementação de políticas públicas efetivas.

Dentre as ações previstas no plano, estão coleta de sementes, produção de mudas de espécies ameaçadas e manejo de espécies exóticas invasoras.

Scroll To Top