NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Rio paga décimo terceiro da Educação

O 13º  salário dos servidores da educação do estado do Rio de Janeiro foi pago integralmente nesta terça-feira (28). A categoria é a maior do estado, com cerca de 90 mil servidores, de acordo com a Secretaria de Estado de Educação.

A pasta informou que os benefícios serão pagos com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Outros servidores do governo fluminense ainda não têm previsão de receber o 13º salário por causa da crise nas contas do estado. O salário de novembro será dividido em cinco parcelas, a primeira a ser paga a partir do dia 5 de janeiro e não mais 23 de dezembro, como anunciado antes. 

Campanha – Após o anúncio do adiamento, desembargadores e juízes do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro criaram uma campanha de doações para ajudar os funcionários estaduais, chamada de SOS Servidores. A distribuição está sendo feita pelo Sindicato dos Servidores do Judiciário do Rio de Janeiro (SindJustiça-RJ).

De acordo com o diretor-geral do sindicato, Ramon Carrera, já foram arrecadadas 34 toneladas de alimentos e R$ 85 mil. Mais de 2 mil cestas foram distribuídas. Para receber a doação, basta ir à sede do sindicato, na Travessa do Paço, no centro do Rio, e comprovar o vínculo de emprego no estado. A prioridade na distribuição é para quem está sem receber o salário. 

Scroll To Top