NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Sistema lagunar em pauta na UFF

Prefeitura contratou o estudo da dinâmica hídrica do sistema lagunar Itaipu-Piratininga com o objetivo de identificar soluções técnicas definitivas para a recuperação destes ecossistemas lagunares

Arquivo/Evelen Gouvêa

O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael, participou ontem da abertura do seminário “Lagoa de Piratininga: como recuperá-la?”, promovido pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em parceria com a Prefeitura de Niterói. O evento, no auditório do Instituto de Geociência da UFF, começou ontem e tem nova rodada de discussão nesta sexta-feira, entre 9h e 17h.

A prefeitura contratou o estudo da dinâmica hídrica do sistema lagunar Itaipu-Piratininga com o objetivo de identificar soluções técnicas definitivas para a recuperação destes ecossistemas lagunares. O seminário faz parte do processo de discussão técnica que vem sendo realizado com o comitê das lagoas e com técnicos de diferentes universidades. A meta é ouvir especialistas nacionais e internacionais para identificar iniciativas para a redução da densa camada de lodo que, por decantação, vem sendo acumulado no leito das lagoas e para a melhoria da qualidade da água.

Na abertura do seminário, ao lado do reitor da UFF, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, Axel Grael apresentou detalhes do programa PRO-Sustentável. A iniciativa da Prefeitura de Niterói propõe alinhar crescimento urbano, progresso e proteção das áreas verdes da Região Oceânica, onde a cidade apresentou as maiores taxas de crescimento populacional nos últimos anos.

 

Axel Grael falou sobre o PRO-Sustentável

Bruno Eduardo Alves / Prefeitura de Niterói

Segundo Axel, desde 2016, o programa já levou para a Região Oceânica obras de pavimentação e drenagem em locais como Fazendinha e Cafubá. Prevê a construção de postos guarda-vidas nas praias de Piratininga, Camboinhas, Itaipu e Itacoatiara e estuda soluções para recuperação do calçadão de Piratininga e do sistema lagunar de Piratininga-Itaipu.

“O PRO-Sustentável conta com financiamento do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e se divide em três eixos: Infraestrutura, Urbanização e Sustentabilidade Ambiental. O objetivo é trazer conforto e melhor qualidade de vida para a população através de melhorias em infraestrutura urbana, ambiental, esportiva e cultural”, destacou Axel.

Para este ano, estão previstos, entre outros, a conclusão do projeto executivo do Parque Orla de Piratininga, do estudo para indicar soluções para a despoluição do sistema lagunar de Piratininga e Itaipu e das obras de drenagem e pavimentação da Estrada Frei Orlando, no Jacaré, e no bairro Boa Vista.

 
Scroll To Top