Suspeito de integrar grupo de justiceiros é capturado

Cidades
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times



Agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) prenderam preventivamente, na manhã desta terça-feira (23), Cláudio de Oliveira Pereira, de 35 anos, o Gordo, suspeito de fazer parte do grupo de extermínio conhecido como “Bonde dos Quebra”, no bairro do Jardim Catarina, em São Gonçalo. Segundo a especializada, ele é acusado de matar Evandro Júlio do Nascimento Silva, de 44 anos, conhecido como Vandinho, que era pescador e morador da região. Cláudio irá responder por homicídio doloso, com intenção de matar, com pena que pode variar de 12 a 30 anos de prisão.

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu na noite do último dia 18 de janeiro, quando Evandro estava em um bar na Rua Mucuri, no mesmo bairro, e foi surpreendido por um homem que atirou em sua direção.

Segundo o delegado da especializada, Allan Duarte Lacerda, Cláudio foi preso em casa, no Jardim Catarina, e não ofereceu resistência à polícia. Os policiais informaram que também apreenderam um estojo para munição calibre 380 escondido na casa do acusado.

Segundo as investigações, Gordo era o principal responsável pela distribuição de armas para o grupo de extermínio.

“A prisão dele é muito importante porque era o principal distribuidor de armas para o grupo na região”, informou o delegado.

Segundo a polícia, justiceiros dividem com o tráfico o controle sobre o bairro.

“Eles [o grupo] tomam conta da parte da frente do Jardim Catarina, e outros criminosos ficam com a parte de trás do bairro. Não é sempre que eles se encontram por ali”, relatou o delegado.