NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Trânsito mais vigiado em Niterói

Novo sistema permitirá acionar em tempo real o sinal verde por mais tempo em uma área engarrafada

Foto: Evelen Gouvêa

Nos próximos quatro meses, serão instalados em Niterói 190 controladores inteligentes de tráfego em Icaraí, Fonseca, Centro, Santa Rosa, São Francisco/Charitas, Largo da Batalha, Orla (Icaraí, Ingá e Centro), Barreto, Engenho do Mato e Região Oceânica. Cada controlador pode integrar até quatro semáforos. A diferença é que os equipamentos utilizados atualmente na maioria das cidades seguem um modelo pré-programado de fluxo de veículos.
 
A implantação do novo sistema – chamado de Centro de Controle de Operações (CCO da Mobilidade) – foi formalizada nesta quarta-feira (22), na sede da Prefeitura de Niterói. Assinaram o convênio o prefeito Rodrigo Neves e representantes da ENGIE, fornecedora dos equipamentos e responsável pela implantação do mesmo sistema em cidades como Paris e Londres.
 
O investimento no CCO será de R$ 19,1 milhões, por meio de convênio com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), dentro do Programa de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói.
 
Para o prefeito Rodrigo Neves, o novo sistema muda o paradigma da gestão do sistema viário da cidade que, segundo ele, se tornará a melhor do Estado do Rio de Janeiro.
 
"Com a implantação de sinais inteligentes, o monitoramento por câmeras nos cruzamentos mais importantes e os painéis informativos, será possível melhorar em 30% a fluidez no trânsito, contribuindo para reduzir a poluição e o tempo de deslocamento, além de melhorar a qualidade de vida da população”, disse.

"Estamos orgulhosos de sermos a empresa que está implantando esta tecnologia pela primeira vez em uma cidade da América do Sul, uma tecnologia que permitirá a Niterói evoluir de uma gestão passiva do trânsito para uma gestão ativa e muito mais eficiente”, afirmou o Presidente da ENGIE no Brasil, Maurício Bähr.

INTEGRAÇÃO – O CCO funcionará junto ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), em Piratininga. Além da sincronização de semáforos, o novo sistema permitirá o monitoramento em tempo real do trânsito nas dez áreas identificadas pela NitTrans, o órgão municipal de trânsito de Niterói.
 
A empresa responsável pelo sistema instalará 55 quilômetros de cabos de fibra óptica e um total de 212 câmeras, das quais 190 de monitoramento do trânsito (controladores inteligentes de tráfego) e 22 de vigilância (com alcance de 360 graus). Ao vigiar o trânsito, essas câmeras vão estabelecer o tempo de cada sinal a partir da contagem do número de veículos que passam em uma determinada via.
 
Haverá, ainda, 14 painéis eletrônicos com informações úteis para os motoristas, como as condições de trânsito e o tempo de determinados trajetos; e um sistema fechado de TV, que transmitirá para o CCO imagens digitais em tempo real sobre o fluxo de veículos.
 
A expectativa é que o novo sistema reduzirá a necessidade de manutenção nos semáforos, além do tempo das viagens, do consumo de combustível e da emissão de gases poluentes – com impacto positivo no meio ambiente.


Scroll To Top