NITERÓI/RJ
Min:   Max:

TransOceânica ganha quatro painéis eletrônicos

Segundo a prefeitura, serão dois painéis em charitas e outros dois no Cafubá

Foto: Evelen Gouvêa

A prefeitura de Niterói começou, no final de fevereiro, a instalar painéis eletrônicos em parte da TransOceânica. Eles vão oferecer informações e indicações a respeito de possíveis acidentes, congestionamentos e alterações no tráfego que ocorram em qualquer parte da cidade.

Serão quatro equipamentos espalhados pela região do Túnel Charitas-Cafubá. O trecho 1 da obra viária, que compreende o bairro de Charitas, na Zona Sul, será contemplado com dois painéis, ambos na Av. Silvio Picanço. O trecho 3, que compreende o bairro do Cafubá, na Região Oceânica, também receberá outros dois, todos na Av. Raul de Oliveira Rodrigues (antiga Av. Sete).

A previsão é que o mais novo túnel de Niterói seja aberto ao tráfego ainda este mês. O trecho 1, que vai da Maternidade Municipal Alzira Reis até a entrada do túnel já está concluído, com o segmento em frente à Estação de Charitas, a rótula do bairro e o acesso ao túnel já finalizados.

O trecho 3, da saída do túnel na Região Oceânica até a rótula do Cafubá está 70% concluído. A saída do túnel e Centro de Controle Operacional (CCO) estão prontos, mas na antiga Av. Sete, ainda estão sendo realizadas desapropriações. Também estão sendo concluídas obras de drenagem, pista de concreto do BHS, parte de asfalto, calçadas e ciclovias.

Com 9,3 km de extensão, a TransOceânica é a maior obra viária da cidade desde a inauguração da ponte Rio-Niterói, em 1974. A via passa por 11 bairros da Região Oceânica e Zona Sul e, quando concluída, vai beneficiar 80 mil pessoas por dia.  

Scroll To Top