NITERÓI/RJ
Min:   Max:

UFF lança Plano de Gestão de Sustentável

A Universidade Federal Fluminense entra 2018 com mudanças na sua gestão. A UFF lançou o Plano de Gestão de Logística Sustentável (PLS), que será implantado, a partir de janeiro do ano que vem em 11 municípios, sendo nove unidades acadêmicas e dois centros de pesquisa (Fazenda Escola, em Cachoeiras de Macacu, e um Núcleo Experimental, em Iguaba Grande), além da sede em Niterói e a Unidade Avançada de Oriximiná (Pará), onde tem a responsabilidade técnica do Hospital Maternidade São Domingos Sávio, desde 1973.

Com o Plano de Gestão de Logística Sustentável, a universidade prevê incentivar a implementação de ações de eficiência energética nas edificações da UFF; estimular iniciativas para o consumo racional dos recursos naturais e bens públicos; garantir a gestão integrada de resíduos pós-consumo, inclusive a destinação ambientalmente correta; melhorar a qualidade de vida no ambiente de trabalho e nos campi; promover ações de sensibilização e capacitação para toda comunidade acadêmica e administrativa; e viabilizar a implementação de práticas de sustentabilidade e racionalização de gastos e processos na administração da UFF.

A UFF quer acima de tudo que o PLS atue de forma efetiva na Prevenção, afastando riscos ambientais; Precaução, prevendo cuidado, atenção e ciência dos fatos geradores de passivos, diminuindo ou evitando danos à saúde da população e do meio ambiente; Proteção Ambiental, protegendo o ambiente natural e organizacional em benefício da natureza e dos cidadãos e Inovação, criando iniciativas e processos eficientes, com uso de menos recursos naturais ou financeiros, mas que estimulem o crescimento.

O Plano contempla também a Transparência, disponibilizando de maneira clara e objetiva as informações da gestão, a partir do compromisso da administração pública com a sociedade. Neste princípio, a Comunicação tem papel fundamental ao estabelecer canais internos, como facilitadora da mudança de hábitos e o estabelecimento de uma nova cultura institucional. O princípio de Responsabilidade ressalta a importância das pessoas estarem bem informadas sobre as decisões a serem tomadas e a implicação das mesmas na conquista da sustentabilidade, de maneira, inclusive, a oferecer oportunidades para que população opine no que diz respeito às políticas e princípios do processo decisório.

Segundo a secretária executiva da UFF e presidente da Comissão do PLS, Deise Faria Nunes, há uma série de iniciativas que vai envolver toda a comunidade universitária – alunos, servidores e terceirizados. Entre as metas estão: remover ou substituir os reservatórios de água irregulares ou confeccionados com material impróprio, como amianto; substituir as lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes com selo ProcelI; aumentar em 10% a utilização de bicicletas pela comunidade universitária, principalmente no deslocamento entre os campi; instituir a coleta seletiva, a destinação de materiais recicláveis às cooperativas de catadores, o uso de material orgânico para compostagem e a gestão adequada dos resíduos perigosos; manter e ampliar os programas da UFF voltados para atividade física e realizar campanhas de atendimento médico nas unidades fora da sede pelo menos duas vezes por ano.

De acordo com o vice-reitor, Antonio Claudio da Nóbrega, “o Plano de Gestão de Logística Sustentável é um grande avanço não só para a UFF. Ele pode contribuir para que a população tenha uma vida ambiental e social mais saudável. Buscamos novos hábitos na nossa comunidade, nossos alunos, servidores e terceirizados, que podem se transformar em um canal multiplicador para a mudança comportamental da sociedade. O PLS une todas as ações institucionais, que anteriormente eram realizadas de forma pontual”. Antonio Claudio da Nóbrega ressalta ainda que “estamos confiantes no engajamento de todos, com alterações de seus padrões individuais de consumo e hábitos, o que vai configurar em um novo sistema institucional, alavancando um crescimento sustentável. E desenvolvimento sustentável engloba responsabilidade e justiça social, somadas a um equilíbrio econômico e a preservação da natureza. É um modo de viver e de ver o futuro do planeta, o nosso futuro”.

Na fase do Diagnóstico para a preparação do Plano de Logística Sustentável da UFF (http://www.uff.br/sites/default/files/paginas- internas-orgaos/pls_uff.pdf.), foram realizadas 11 audiências públicas, sendo uma na sede, em Niterói, e 10 nas unidades fora da sede. A metodologia usada foi baseada na orientação constante na IN 10/2012, a qual “estabelece as regras para elaboração dos Planos de Logística Sustentável de que trata o Art. 16, do Decreto Nº 7.746, de 5 de junho de 2012”.

Scroll To Top