NITERÓI/RJ
Min:   Max:

De diferentes nacionalidades

Do diretor Gus Van Sant, “A pé ele não vai longe” traz ao elenco Joaquin Phoenix incorporando John Callahan, um homem que, em um momento complicado, acaba dirigindo bêbado e sofrendo um acidente, que o deixa tetraplégico

Foto: Divulgação

Na última semana de lançamentos do ano, a indústria cinematográfica mostrou que está a todo vapor, com cinco lançamentos de grande porte, de variados gêneros e nacionalidades, como – tradicionalmente – dos Estados Unidos, Israel e europeus, como Dinamarca, França, Itália e Suíça.
 
A franquia “Deadpool”, dedicada ao anti-herói mais irreverente da Marvel, mostra que está em constante ascensão, com um filme que promete fugir do padrão de todos já lançados até agora. “Era uma vez um Deadpool” traz um Wade Wilson politicamente correto, voltado para todos os públicos e idades, que sequestra o diretor Fred Savage para reencenar “A Princesa Prometida” – filme dos anos 80 sobre um conto de fadas. Sem conseguir fugir de Deadpool, ele é obrigado a ouvir a história contada pelo mercenário, incluindo suas lutas anteriores.

Do diretor Gus Van Sant, “A pé ele não vai longe” traz ao elenco Joaquin Phoenix incorporando John Callahan, um homem que, em um momento complicado, acaba dirigindo bêbado e sofrendo um acidente, que o deixa tetraplégico. Com a vida completamente transformada, ele passa a utilizar suas limitações como inspiração para seu trabalho de cartunista, desenvolvendo sua carreira artística com a ajuda de dois importantes personagens: sua namorada e seu padrinho.   

Indicado para nove categorias do Ophir Award – considerado o Oscar de Israel – e vencedor de sete, o drama “O Confeiteiro”, de Ofir Raul Graizer, conta a história do alemão Thomas, um confeiteiro que vai à Jerusalém para buscar a esposa e filho de seu falecido amante. Ao chegar, ele começa a trabalhar para a mulher e com o tempo vai descobrindo que eles compartilham da mesma dor.

O Confeiteiro”, de Ofir Raul Graizer é uma das atrações desta semana

Foto: Divulgação

Co-produção entre Itália, França e Suíça, do diretor italiano Silvio Soldini, “Emma e as cores da vida” conta a história de Teo, um publicitário que vive, simultaneamente, entre dois amores: o de sua amante e de sua namorada. Para sustentar o triângulo amoroso, ele vive preocupado com a elaboração de mentiras, até que, um dia, encontra com Emma, uma osteopata cega com quem começa um ingênuo jogo de sedução. Com o passar do tempo, os encontros vão mostrando que sua relação com Emma é mais do que uma aventura, os tornando cada vez mais próximos e íntimos.

O suspense dinamarquês “Culpa”, do diretor Gustav Möller, acompanha o policial Asger Holm em sua rotina de trabalho, que se passa nas ruas de Copenhague, onde está acostumado a atuar. No entanto, um conflito ético interno da corporação faz com que ele fique encarregado de trabalhar na mesa de emergências, recebendo e transmitindo ligações à delegacias responsáveis. Em um dia corriqueiro, ele recebe a chamada de uma mulher, aparentemente fora de controle, tentando comunicar um sequestro, tentando não ser descoberta pelo sequestrador. Com poucas informações para conseguir agir, Asger começa a tentar por todos os meios descobrir onde a mulher se encontra, mobilizando os policiais mais próximos para ajudá-lo. 

Mostra de cinema – O ano de mostras do CCBB-RJ começa com uma retrospectiva inédita no Brasil, do diretor nova-iorquino Martin Scorsese, que começa no dia 2 de janeiro e vai até 28 do mesmo mês.

Serão exibidos os primeiros curtas do diretor, documentários, um filme feito exclusivamente para a TV, além de todos os seus 25 longas-metragens, desde “Quem bate à minha porta?” (1967) – sua estreia no cinema – até os seus maiores sucessos como “Taxi Driver” (1976), “Os Bons Companheiros” (1990), “Os Infiltrados” (2006), entre outros. Fora as exibições, o público­ também poderá acompanhar um debate, que acontecerá no dia 24, às 19h, entre os críticos Luiz Carlos Oliveira Júnior e Paulo Ricardo Gonçalves de Almeida; e um curso de três dias (16, 17 e 18 de janeiro, às 14h). Os dois eventos serão oferecidos gratuitamente.

Scroll To Top